Terça-feira, 29 de Outubro de 2019

CORRIDA DO MONTEPIO

Uma semana depois da brilhante participação de três dos nossos atletas na Luso Meia Maratona e na Maratona de Lisboa eis-nos regressados à competição. Além dos atletas que estiveram em acção no fim-de-semana passado a nossa equipa surgiu reforçada com o André Catela e com o Carlos Gonçalves. Refira-se que a inscrição deste atleta foi um pouco contra as suas próprias expectativas.

 

A braços com uma lesão no menisco interno do joelho esquerdo aguarda pela consulta com uma Ortopedista para avaliar a gravidade da lesão e saber se tem ou não de ir “à faca”. Até lá tinha indicações para ficar em repouso não devendo fazer qualquer tipo de corrida, mesmo em ritmo de treino. Apenas poderia fazer bicicleta e sem grandes exageros. No entanto este atleta habituou-se a estar sempre em grande actividade. Estar parado era quase como morrer, para o desporto, entenda-se. Assim decidiu fazer uma corrida ligeira de dez quilómetros, em ritmo de treino, uma vez por semana.

 

Na sexta-feira à noite soube pelo Pedro que nesse fim-de-semana se iria realizar a Corrida do Montepio, com uma distância de dez quilómetros. Perfeito. Assim assumiu por sua conta e risco a decisão de se inscrever naquela prova. Contrariamente ao que é habitual ainda estavam abertas as inscrições pelo que se “atirou de cabeça” para esta pequena aventura, substituindo o tal treino ligeiro que tinha programado para Domingo. É sempre mais agradável correr em companhia, e com um objectivo específico, do que sozinho.

 

A Corrida do Montepio já vai na sétima edição, sendo o Pedro o único totalista da nossa equipa.

 

Vestidos a rigor, com a camisola oficial das LEBRES E TARTARUGAS, os cinco atletas encontram-se, pelas nove e meia da manhã, em frente à entrada principal da Estação de Comboios do Rossio, a meio caminho entre a Praça do mesmo nome e os Restauradores. Tiraram a foto da praxe que iria alimentar de imediato o nosso grupo de WhatsApp.

IMG_20191027_093930.jpg

Devido ao elevado número de inscritos a organização tem decidido, à semelhança de outras corridas, escalonar os atletas em blocos de acordo com o tempo expectável para a prova. O Carlos Teixeira foi para o bloco dos Sub 50 e o seu filho André juntou-se ao Frederico na “casa” dos Sub60. O Pedro e o Carlos Gonçalves tinham lugar reservado no último bloco, o dos Mais de 60.

 

O percurso tem-se mantido praticamente inalterado ao longo dos anos. Dependente do local da Partida e da Chegada, os atletas têm de cumprir um traçado que passa invariavelmente pelo Terreiro do Paço, Cais do Sodré, Avenida 24 de Julho e inversão algures quando está cumprida metade da distância. Este ano o ponto de viragem deu-se em frente ao Hospital Egas Moniz já que a Partida e a Chegada estavam programadas para a Praça D. Pedro IV, mais conhecida por Rossio.

 

Às dez da manhã dá-se a partida dos mais rápidos. Com algum tempo de intervalo, e para minimizar os inevitáveis engarrafamentos, vão partindo os corredores dos diferentes blocos. Quando o Pedro e o Carlos Gonçalves passaram pela linha de partida o cronómetro já marcava mais de seis minutos.

 

Apesar das partidas diferenciadas, a descida da Rua do Ouro foi feita, mesmo assim, em ritmo muito lento com os mais rápidos a fazerem ziguezagues, por vezes até indo por cima dos passeios, para tentarem correr um pouco mais rapidamente.

Nas corridas de dez quilómetros normalmente só está previsto um abastecimento de água sensivelmente a meio da prova. Desta vez, e sem que a temperatura o justificasse muito, temos dois fornecimentos de água ao quilómetro três e no sétimo.

 

A parte mais difícil é sempre aquela junto ao rio Tejo quando o empedrado dificulta bastante o andamento.

 

Terminada a nossa corrida os cinco atletas reagrupam-se no mesmo local onde se tinham encontrado de manhã. Foi um bom treino, com competição à mistura, principalmente para o nosso Maratonista Carlos Teixeira que no próximo dia três de Novembro vai disputar a Maratona do Porto. Boa Sorte.

 

Quando se voltarão a encontrar os membros das LEBRES E TARTARUGAS não sabemos. Talvez na Corrida da Água. A última vez que o trio fundador da nossa equipa participou em conjunto numa prova foi na Corrida do 1º de Maio.

[Crónica de Carlos Gonçalves]

 

Vencedor: HUGO GANCHAS (Individual): 0:31:05

 Atletas que concluiram a Prova: 3162

Atletas Dorsal Escalão

Classificação Geral

Classificação do Chip

Classificação Escalão

Tempo Oficial Tempo Líquido

Ritmo min/Km

Velocidade Km/h

Pedro Antunes 2579
M
2295º
2328º
318º
1:01:57
1:01:11
6:07
9,81
Carlos Teixeira
2851
V55
1005º
1032º
73º
0:50:06
0:49:48
4:59
12,05
André Catela
2852
M
1842º
1936º
280º
0:57:08
0:56:54
5:41
10,54
Frederico Sousa
2989
V55
1841º
1935º
134º
0:57:07
0:56:54
5:41
10,54
Carlos Gonçalves 3833 V60 2174º 1856º
94º 1:00:20 0:56:13 5:37  10,67

NOTA: O Ritmo e a Velocidade média foram calculados em função do tempo líquido da prova.

Calendário do Mês de Outubro

  • 13 - Corrida Clube Millenniumbcp (Lisboa)- 10 Km
  • 20 - Luso Meia Maratona (Lisboa) - 21,0975 Km
  • 20 - Maratona de Lisboa (Cascais/Lisboa) - 42,195 Km
  • 27 - Corrida do Montepio (Lisboa) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 12:50

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MEIA MARATONA DOS DESCOBR...

. CORRIDA EM VICTORIA PARK

. CORRIDA DA ÁGUA

. MARATONA DO PORTO

. CORRIDA DO MONTEPIO

. MARATONA DE LISBOA e LUSO...

. CORRIDA CLUBE MILLENNIUMB...

. CORRIDA DO TEJO

. CORRIDA DA LINHA MÉDIS

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

.arquivos

. Dezembro 2019

. Novembro 2019

. Outubro 2019

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds