Quinta-feira, 9 de Maio de 2019

CORRIDA DO 1º DE MAIO

1º de Maio. Dia do Trabalhador.

 

Cada um celebra esta data à sua maneira. De alguma maneira todos nós somos, ou fomos, Trabalhadores pelo que este dia é nosso, é de todos. Muitas são as formas encontradas por cada um para comemorar este dia mundialmente reconhecido. Ele há concertos com intérpretes bastante ligados ao período revolucionário que se seguiu ao 25 de Abril e que aproveitam estes espectáculos para recordar as canções mais emblemáticas do antes e do após a revolução dos cravos. Há também manifestações de rua, normalmente com desfiles, que invariavelmente terminam num qualquer comício alusivo ao Dia do Trabalhador.

E há também aqueles que optam por celebrar este dia praticando desporto, uma das suas “profissões” de eleição. E foi isto que aconteceu, uma vez mais, com os Fundadores das LEBRES E TARTARUGAS. O quarto Veterano Maratonista e herói de Sevilha – João Valério – desistiu à última hora.

 

A Corrida do 1º de Maio, anualmente organizada pela CGTP/União dos Sindicatos de Lisboa, é um caso especial de popularidade no actual panorama das provas de Corridas do Atletismo Popular, com a adesão de mais de um milhar de atletas. Nos últimos anos tem vindo a perder algum fulgor com uma queda contínua no número de participantes. Se olharmos para os últimos dez anos, que coincidem com a explosão do “running” em Portugal, temos um crescimento contínuo desde 882 atletas até ao pico de 1550 em 2014. De então para cá tem sido sempre a descer até aos 1043 corredores que concluíram a edição deste ano. Este facto foi, de algum modo, perceptível antes e durante a corrida, nomeadamente pelo menor número de atletas estrangeiros que habitualmente costumam visitar Lisboa nesta altura do ano e aproveitam para participar nesta Corrida.

 

A oferta de provas é actualmente grande pelo que alguns atletas começam a experimentar novas corridas. Mas, mesmo assim, a Corrida do 1º de Maio continua a ocupar um lugar muito particular e imprescindível no calendário desportivo das LEBRES E TARTARUGAS.

 

É interessante verificar como uma prova que já vai na 38ª edição, praticamente sem alterações nos últimos anos, ainda consegue cativar mas de um milhar de atletas. O segredo talvez esteja na distância de quinze quilómetros, que não é muito habitual, ficando a meio caminho entres os tradicionais dez quilómetros e a Meia Maratona.

 

A Corrida do 1º de Maio tem sabido, de algum modo, resistir à erosão da sua longa vida, mantendo uma qualidade de organização acima da média e, sobretudo, com um muito competitivo preço das inscrições de seis euros, valor este muito abaixo do que é comummente praticado em corridas de dez quilómetros. E, no lugar da habitual t-shirt técnica que nos oferecem na maioria das provas, temos direito à tão saudada camisola em algodão, muito útil para usarmos em casa, em tarefas de jardinagem, para levarmos para a Praia ou, tão só, para dormirmos com ela.

 

Esta prova tem uma logística muito boa. Senão vejamos:

 

  • Partida e Chegada no mesmo local
  • Boa acessibilidade devido à existência muito perto de Estações de Metro e dos comboios suburbanos
  • O estacionamento automóvel é mais complicado por estarmos numa zona predominantemente residencial; mas, se chegarmos cedo, e com alguma paciência, lá arranjamos um “buraquito" para metermos o nosso carro.

 

O percurso também é fácil de descrever:

 

  • Partida na Pista de Atletismo do Estádio 1º de Maio
  • Saída do recinto pela Avenida Rio de Janeiro em direcção á Avenida do Brasil
  • Chegados ao Campo Grande iniciamos o trajecto dos túneis da Avenida da República; sempre a subir até ao Saldanha após o que iniciamos a longa descida até ao Terreiro do Paço
  • Viramos à esquerda – não se esqueçam que estamos no dia do Trabalhador - e seguimos pela Rua da Prata rumo à Praça da Figueira
  • Após passarmos pelo Martim Moniz encetamos a longa subida até ao Areeiro; curioso como este troço cada vez nos parece mais fáci
  • Avenida João XXI, Avenida de Roma até virar, desta vez à direita, na Avenida da Igreja
  • No final reentramos na Avenida Rio de Janeiro, damos uma volta final para inversão da marcha e, finalmente, regressamos ao Estádio 1º de Maio, que, após darmos meia volta à Pista cruzamos a linha de Chegada.

Pelo meio tivemos três abastecimentos de água, bem necessários para compensar o algum calor que se fez sentir. E pelo caminho ainda pudémos encontrar e ultrapassar uma lenda viva do atletismo Português. Armanda Aldegalega, o bem conhecido atleta do Sporting Clube de Portugal, ainda anda nestas provas apesar dos seus quase oitenta e dois anos. Mesmo regressado de uma lesão fez questão de participar nesta emblemática corrida acompanhado da sua colega de equipa Luzia Dias.

 

Tudo na mesma como em anos anteriores. Os Tartarugas aguardam uns pelos outros no relvado sintéctico do Campo de Futebol principal. Após a recuperação, e os necessários alongamentos musculares, cada um segue à sua vida com a certeza de que regressaremos em 2020.

 

Entramos agora numa fase em que coexistirão provas de Trail com corridas de estrada. Provavelmente os três Fundadores da equipa das LEBRES E TARTARUGAS só se voltarão a reunir lá mais para o final do ano.

[Crónica de Carlos Gonçalves]

 

Vencedor: PEDRO ARSÉNIO (CF Os Belenenses): 0:48:21

 Atletas que concluiram a Prova: 1043

Atletas Dorsal Escalão

Classificação Geral

Classificação Escalão

Tempo Oficial Tempo Líquido

Ritmo min/Km

Velocidade Km/h

Carlos Gonçalves 518 M6064 620º 34º 1:23:24 1:22:54 5:32 10,86
Carlos Teixeira
519
M5559
423º
26º
1:17:12
1:16:44
5:07
11,73
Frederico Sousa
520
M5559
826º
72º
1:31:03
1:30:32
6:02
9,94

NOTA: O Ritmo e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos líquidos

Corridas do Mês de Maio

  • 1- Corrida do 1º de Maio (Lisboa ) - 15 Km
  • 5 - Meia Maratona de Setúbal (Setúbal)- 21,0975 Km
  • 26 - Lx Trail Monsanto (Lisboa) - 20 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 10:35

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Lx Trail Monsanto

. CORRIDA DE BELÉM

. MEIA MARATONA DE SETÚBAL

. CORRIDA DO 1º DE MAIO

. 30 KMS VALE DOS BARRIS

. TRILHOS DO ALMOUROL

. 20 KMS DA MARGINAL

. CORRIDA DOS SINOS

. CORRIDA DE RICHMOND PARK

. CORK TRAIL

.arquivos

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds