Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010

20 KM DE CASCAIS

A 27ª edição dos 20 KM de Cascais constituiu mais um teste à capacidade de resistência e de superação dos atletas. Não tanto pela dureza do percurso mas, principalmente, pelas condições meteorológicas. É certo que não choveu. Mas começar uma longa corrida com uma temperatura ambiente a rondar os 4 graus centígrados não será muito entusiasmante para a maioria dos participantes. Tanto mais que, após uma primeira incursão pelo interior da Vila de Cascais, a prova desenvolver-se-ia ao longo da Costa Atlântica em direcção ao Guincho. À partida o panorama não era dos mais animadores... Mas a tudo isto as Tartarugas responderam positivamente e mostraram estar à altura das expectativas que depositam em si próprias.

 

Esta é um das muitas provas que faz parte do calendário de muitos atletas. A tradição resultante das vinte e seis edições já realizadas tornam-na mítica e presença obrigatória. E lá estiveram 1317 atletas, muitos deles repetentes em mais do que uma edição.

O percurso não é fácil nem é difícil. São vinte quilómetros repartidos por um trajecto inicial mais abrigado seguindo-se de um mais exposto às condições adversas da estrada que liga Cascais à mítica praia dos "Surfistas" que é o Guincho.

 

Apesar do frio que se fazia sentir, o vento agreste que normalmente é habitual nesta zona não dava quaisquer sinais de que iria fazer companhia aos atletas. Daí que a prova decorresse em ritmo bastante vivo até à viragem e início do regresso à Vila. A generalidade dos participantes até estava naturalmente a aumentar a velocidade da corrida. Os tempos registados individualmente por volta dos 15 Km eram bastante promissores.

 

Só que o tão famigerado vento decidiu aparecer em todo o seu fulgor. Não era o cansaço que se apresentava como grande obstáculo aos atletas mas sim esta "gigantesca corrente de ar". Havia a esperança de que seríamos recompensados no último quilómetro praticamente todo em descida, podendo e devendo ser utilizado não só para dar algum descanso às pernas mas também para recuperar o tempo perdido.

 

Mas atenção que a meta estava colocada na Baía de Cascais. E, uma vez mais, o vento se manifestou para complicar derradeiramente a tarefa de todos os Corredores.

 

Enfim. A tudo e para tudo estão dispostos os que ano após ano se inscrevem nesta Corrida. E para o próximo ano há mais.

 

Contem connosco.

 

Para a memória futura assinale-se o tempo do vencedor - 1:04:18 - e o desempenho das TARTARUGAS.

 

FREDERICO SOUSA

Classificação Geral: 1244º - Classificação no Escalão (M 4549): 196º

Tempo Oficial: 2:05:34/ Tempo Cronometrado: 2:05:03

Tempo médio/Km: 06m:15 s  <=> Velocidade média: 9,60 Km/h (*)

 

CARLOS CATELA

Classificação Geral: 1140º - Classificação no Escalão (M 4549): 183º

Tempo Oficial: 1:57:01/ Tempo Cronometrado: 1:56:35

Tempo médio/Km: 05m:50s  <=> Velocidade média: 10,29Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral:988º - Classificação no Escalão (M 5054): 141º

Tempo Oficial: 1:49:24/ Tempo Cronometrado: 1:48:55

Tempo médio/Km: 05m:27s  <=> Velocidade média: 11,02Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas para o mês de Fevereiro

  • 7 de Fevereiro: Grande Prémio José Afonso (Grândola)
  • 14 de Fevereiro: 20 Km de Cascais
  • 28 de Fevereiro: Grande Prémio do Atlântico (Costa da Caparica)
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:54

link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Joaquim Ferreira a 1 de Março de 2010 às 18:42
Parabéns a Todas as "Lebres e Tartarugas" pela participação na Prova!
É de louvar o Esforço!
Continuação de Boas Corridas!
Um abraço!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. CORRIDA DO TEJO

. CORRIDA DA LINHA MÉDIS

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. TRAIL DOS MOINHOS SALOIOS

. CORRIDA DAS FOGUEIRAS

. OEIRAS TRAIL

. PALMELA RUN

. Lx Trail Monsanto

. CORRIDA DE BELÉM

. MEIA MARATONA DE SETÚBAL

.arquivos

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds