Quarta-feira, 3 de Julho de 2013

CORRIDA D. DINIS - Odivelas

Desde a Corrida dos 512 anos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, disputada no distante mês de Julho de 2010, que não apanhávamos um dia tão quente. Não sabemos se este domingo não terá sido mesmo o dia mais quente de todas as nossas corridas. É certo que há bem pouco andávamos a lastimarmo-nos que o Verão nunca mais aparecia. Agora que está a dar um ar da sua graça já estamos nós aqui a reclamar para o que é normalmente óbvio em qualquer dia de Julho.

 

Por outro lado a hora para que estava marcado o início da corrida também não ajudava muito. Às dez e meia da manhã já era de esperar uma temperatura um pouco mais elevada. Assim grande parte dos atletas trocavam de bom grado as corridinhas de aquecimento pelo resguardo nas muitas sombras existentes junto ao local da partida. A maioria expressava algum desagrado perante as adversas condições atmosféricas. As TARTARUGAS faziam parte do lote dos que viam com apreensão o modo como iria decorrer a prova debaixo de um Sol escaldante e abrasador. Bem, mas nem todos estavam assim tão preocupados com o calor. O nosso atleta mais velho, ou o menos novo se quisermos melhorar o adjectivo, o Árabe Carlos Gonçalves delirava com este cenário. Como ele desejava mesmo estar num distante emirado árabe qualquer. Era de todos nós o mais optimista.

 

Como bem sabemos Odivelas está localizada numa zona pouco ou nada plana. Assim esperávam-nos uns dez quilómetros sempre em sobe e desce. No final teríamos de contabilizar se as descidas serviam para recuperar das subidas. Não nos parece que assim tenha acontecido. E ainda por cima começávamos e terminávamos num ponto alto. Apesar de andarmos um pouco "às voltinhas" pelas ruas de Odivelas o que é certo é que mesmo assim a organização conseguiu montar um percurso bem interessante e sem aquele desgaste psicológico habitual quando passamos várias vezes pelos mesmos sítios. Os atletas tentavam poupar-se um pouco resguardando-se nas poucas sombras que encontravam ao logo do caminho. Mas nem todos agiam do mesmo modo. Um dos atletas, indiferente ao calor, procurava principalmente o melhor trajecto sem se preocupar com as sombras. Quem seria ele??? Aceitam-se apostas...

 

Decorridos cerca de sete mil metros fazemos a inversão final do percurso rumando para a meta. Mas só que após o oitavo quilómetro tínhamos que vencer a parte mais difícil da corrida.Uma subida de levar às "lágrimas". Muitos optaram por trocar o passo de corrida pela marcha. Outros só não fizeram o mesmo por vergonha. Aliás não é muito habitual numa corrida de dez quilómetros vermos tantos atletas a sucumbir nas subidas. A canícula que se fez sentir neste domingo é muito provavelmente a justificação para tudo isto.

 

Depois de tudo o que sofremos nesta Corrida as últimas centenas de metros a subir até à meta até nos pareceram quase planas.

 

Enfim lá superámos mais uma prova, um teste bem difícil à nossa capacidade de sofrimento. À sombra, e depois de saciada a sede, conseguimos recuperar um pouco tanto do ponto de vista físico como anímico.

 

Resta-nos referir que a Corrida D. Dinis não fazia parte do nosso calendário de provas para o mês de Junho. Se tudo tívesse corrido como programado tínhamos escapado a este "assador" pois na noite de Sábado deveríamos ter marcado presença na Corrida das Fogueiras. Como já não nos inscrevemos a tempo arranjámos esta alternativa. E até nem foi má de todo.

 

No próximo fim de semana vamos estar na nossa máxima força na Lisbon Eco Marathon. Vai ser a estreia do Frederico na distância mítica do 42,195 quilómetros. Pelo menos não nos deveremos preocupar muito com o calor já que a prova tem o início marcado para as dezanove horas, quando o Sol se prepara para nos abandonar.

 

Atletas que concluiram a prova: 370

Vencedor: JOSÉ C SOUSA (GD 3 Santos Populares): 0:32:51

 

FREDERICO SOUSA  (Dorsal Nº367)

Classificação Geral: 309º - Classificação no Escalão (M4549): 30º

Tempo Oficial: 1:05:33/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:05:26

Tempo médio/Km: 6m:33s  <=> Velocidade média: 9,17Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA  (Dorsal Nº 366)

Classificação Geral: 105º - Classificação no Escalão(M5054): 11º

Tempo Oficial: 0:49:42/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:49:35

Tempo médio/Km: 4m:58s  <=> Velocidade média: 12,10Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES (Dorsal Nº368)

Classificação Geral: 82º - Classificação no Escalão (M5559): 3º

Tempo Oficial: 0:47:36/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:47:30

Tempo médio/Km: 4m:45s  <=> Velocidade média: 12,63Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Junho

  • 2 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
  • 8 - Bes Run Challenge3 (Lisboa) - 10 Km ==> Frederico e Carlos Teixeira
  • 9 - Escalada do Mendro (Vidigueira) - 11 Km
  • 30 - Corrida D. Dinis (Odivelas) - 10 Km

 

Calendário para o Mês de Julho

  • 6 - Lisbon Eco Marathon (Lisboa/Monsanto) - 42,195 Km
  • 19 - Corrida "Borda de Água 2013" (Lisboa/Praia das Maçãs) - 50 Km => Prova particular organizada pelo Frederico
  • 28 - Ultra Maratona Atlântica Melides/Tróia - 43 Km

 

publicado por Carlos M Gonçalves às 00:09

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. CORRIDA DO TEJO

. CORRIDA DA LINHA MÉDIS

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. TRAIL DOS MOINHOS SALOIOS

. CORRIDA DAS FOGUEIRAS

. OEIRAS TRAIL

. PALMELA RUN

. Lx Trail Monsanto

. CORRIDA DE BELÉM

. MEIA MARATONA DE SETÚBAL

.arquivos

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds