Domingo, 10 de Junho de 2012

ESCALADA DO MENDRO

Esta prova confirmou aquilo que já vínhamos a constatar há algum tempo: os habituais corredores de estrada estão cada vez mais a aderir às provas "off the road", seja na vertente propriamente dita de Corrida de Montanha seja nos "Trilhos/Trail". Embora só tenhamos participado nesta prova em 2011 verificámos que desta vez a adesão era maior, confirmando-se a tendência igualmente manifestada na recente Corrida do Guincho - Entre Mar e Serra.

 

Integrada no Circuito Nacional de Montanha da FPME (Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada) a Escalada do Mendro é uma das corridas  mais acessíveis principalmente para os menos preparados. Começando dentro da Vila da Vidigueira é perto do terceiro quilómetro que deixamos o alcatrão e nos fazemos à montanha com uma primeira subida suave mas que serve de aviso de que esta prova não são só facilidades. Ultrapassado o primeiro abastecimento entramos numa zona de "sobe e desce" com os primeiros corredores a optarem por trocar o passe de corrida pela marcha. É uma forma de abordar as grandes inclinações sem provocar um grande desgaste. Muitos dos atletas que adoptam esta estratégia acabam mesmo por se cansarem bastante menos vindo a recuperar na descida seguinte as posições perdidas anteriormente. É sem dúvida uma das fases mais interessantes da corrida. A paisagem a perder de vista, trilhos largos e acessíveis sem termos de dedicar particular atenção onde colocamos os pés, só temos como senão o facto de praticamente não haverem sombras. Felizmente que o tempo até não esteve muito quente como seria de esperar para o Alentejo nesta altura do ano. Tivémos mesmo um pouco de tudo nesta corrida: chuva miudinha, sol e uma aragem refrescante. Reuniram-se os ingredientes para que os atletas (corredores e caminheiros) se sentissem plenamente satisfeitos.

 

Porém neste corropio de subidas e descidas nunca perdemos de vista as antenas colocadas lá bem no alto da Serra do Mendro, principal objectivo desta prova. E a nossa chegada a este marco até não se revelou como a fase mais difícil e complicada. A partir de então encetamos o regresso à terra onde nasceu o navegador Vasco da Gama. Uma sucessão de descidas mais ou menos vertiginosas convidava-nos a altas velocidades e foi palco de diversas e alternadas ultrapassagens. "Ora agora passas tu, ora agora passo eu". À passagem por uma pequena represa entramos na fase final maioritariamente plana. Foi a partir deste ponto que em 2011 começámos a encontrar e ultrapassar os Caminheiros. No entanto desta vez o percurso pedestre foi diferente, um pouco em sentido contrário ao do nosso pelo que só nos cruzámos com aqueles atletas já perto da meta, ou mesmo depois e já dentro do nosso tempo de descanso e de recuperação muscular.

 

A organização esteve muito perto da perfeição: o levantamento dos dorsais não gerou a confusão habitual e mesmo o primeiro controlo dos atletas, à entrada para o parque da piscina, esteve bem longe do caos verificado em 2011. Esta é seguramente uma prova a repetir nos próximos anos e a manter no nosso preenchido calendário. Mesmo a nossa Tartaruga que habitualmente "vota contra" este tipo de corridas ficou adepta da Escalada do Mendro.

 

Atletas que concluiram a prova: 333 (306 em 2011)

Vencedor: Paulo Gomes(Individual): 0:36:56

 

FREDERICO SOUSA  (Dorsal Nº290)

Classificação Geral: 301º - Classificação no Escalão M45: 49º

Tempo Oficial: 1:13:24/Tempo Cronometrado Individualmente: 1:13:12

Tempo médio/Km: 6m:39s  <=> Velocidade média: 9,02Km/h (*)

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº289)

Classificação Geral: 256º - Classificação no Escalão M50: 30º

Tempo Oficial: 1:06:24/Tempo Cronometrado Individualmente: 1:06:04

Tempo médio/Km: 6m:00s  <=> Velocidade média: 9,99Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES  (Dorsal Nº288)

Classificação Geral: 228º - Classificação no Escalão M55: 13º

Tempo Oficial: 1:22:08/Tempo Cronometrado Individualmente: 1:01:41

Tempo médio/Km: 5m:36s  <=> Velocidade média: 10,70Km/h (*)

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados individualmente

 

Calendário para o mês de Junho

  • 3 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
  • 7 - Escalada do Mendro (Vidigueira) - 11 Km
  • 16 - Marginal à Noite (Oeiras) - 8 Km
  • 30 - Corrida das Fogueiras (Peniche) - 15 Km

 

publicado por Carlos M Gonçalves às 23:19

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MEIA MARATONA DOS DESCOBR...

. CORRE JAMOR

. CORRIDA DA ÁGUA

. MARATONA DO PORTO

. TRAIL DA REAL TAPADA

. CORRIDA DO MONTEPIO

. EDP Maratona de Lisboa

. Vodafone Meia Maratona de...

. Corrida ActivoBank/Clube ...

. CORRIDA FARMACÈUTICOS

.arquivos

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds