Sábado, 2 de Junho de 2012

CORRIDA DO GUINCHO - Entre Serra e Mar

 

Foi precisamente nesta prova que há dois anos nos aventurámos pela primeira vez na difícil modalidade das corridas de montanha. Seis meses antes já tínhamos equacionado a participação na Corrida do Monge, mas os relatos de outros participantes assustaram-nos e incutiram-nos algum receio de que não estaríamos ainda suficientemente preprarados para dar este salto.

 

Mas ainda bem que decidimos arriscar e inscrevemo-nos em 2010 na Corrida do Guincho. Descobrimos um mundo novo de emoções e temos mesmo vindo a concluir que este é na realidade o tipo de corridas que melhor preenchem a nossa necessidade de evasão ao fim de semana como forma de nos libertarmos das tensões acumuladas ao longo de uma semana de trabalho. Longe da poluição e da confusão citadina, e verdadeiramente engolidos pela natureza, é neste ambiente que nos sentimos mais à vontade. Pelo menos alguns de nós ... E este sentimento é partilhado por um número crescente de habituais "corredores do asfalto". Em 2010 terminaram 235 atletas. Em 2011 este número subiu para 280. E este ano atingiu uns expressivos 435 atletas que cruzaram a linha da meta. Logo de manhã cedo, ao chegarmos às imediações da Aldeia de Janes verificámos um movimento de pessoas bem maior do que o normal dos anos anteriores. Pressentimos de imediato que iria haver um significativo acréscimo de participantes. E como também temos vindo a constatar a média etária é cada vez mais elevada. Já não são só os mais novos, e potencialmente mais aptos, a marcarem presença nas corridas de montanha. Os "séniores" também querem mudar e experimentar novas sensações e novos desafios.

 

Contrariamente à maioria das provas do Campeonato Nacional de Montanha, pelo menos naquelas em que temos participado, a Corrida do Guincho começa a descer praticamente logo desde o início. O percurso era basicamente o mesmo das edições anteriores com a supressão, como em 2011, da passagem pelas dunas da praia. Talvez por razões ambientais a organização tenha decidido, ou mesmo sido obrigada, a retirar este troço. No resto a beleza, e a dureza, da prova mantiveram-se e não foram minimamente beliscadas. Como ponto alto lá tivémos aquela "escalada" por volta dos oito quilómetros. Uma terrível subida com cerca de 500 metros, toda ela em alcatrão mas com um declive de cortar a respiração. Mesmo a descer não é brincadeira nenhuma, quanto mais a subir. Só a andar, e mesmo assim bem devagar, é que o grosso do pelotão consegue vencer este obstáculo.

 

Mas este ano dois dos nossos atletas desafiaram tudo e todos e até conseguiram fazer este meio quilómetro sempre a correr, para espanto da maioria. Ouviam-se mesmo alguns comentários, que até nos animavam ainda mais, "que finalmente alguém faz esta subida a correr". Foi a correr devagarinho mas foi a correr. Há malucos para tudo. A partir deste ponto entramos na melhor e mais agradável parte da corrida. É praticamente sempre a descer até à meta e completamente mergulhados na vegetação da Serra de Sintra. Só temos mesmo é de nos acautelarmos na descida final, já no empedrado, nos quais cumprimos os últimos metros rumo à meta. A inclinação da estrada, e um pé mal colocado, podem deitar tudo a perder e provocar um acidente de consequências incalculáveis. Enfim, mais uma prova superada.

 

Esta fase da nossa época desportiva aproxima-se rapidamente do fim. A famosa e bem concorrida Corrida do Oriente espera por nós.

 

Atletas que concluiram a prova: 453 (280 em 2011)

Vencedor: Custódio António(Asas do Milénium/O Praticante): 0:45:11

 

BARTOLOMEU CASSIANO (Dorsal Nº359)

Classificação Geral: 211º - Classificação no Escalão Sub 23: 5º

Tempo Oficial: 1:13:46/Tempo Cronometrado Individualmente: 1:13:14

Tempo médio/Km: 6m:06s  <=> Velocidade média: 9,83Km/h (*)

 

FREDERICO SOUSA  (Dorsal Nº356)

Classificação Geral: 380º - Classificação no Escalão M45: 57º

Tempo Oficial: 1:28:10/Tempo Cronometrado Individualmente: 1:27:25

Tempo médio/Km: 7m:17s  <=> Velocidade média: 8,24Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº357)

Classificação Geral: 281º - Classificação no Escalão M50: 26º

Tempo Oficial: 1:19:01/Tempo Cronometrado Individualmente: 1:18:19

Tempo médio/Km: 6m:32s  <=> Velocidade média: 9,19Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES  (Dorsal Nº358)

Classificação Geral: 191º - Classificação no Escalão M55: 10º

Tempo Oficial: 1:12:29/Tempo Cronometrado Individualmente: 1:11:47

Tempo médio/Km: 5m:59s  <=> Velocidade média: 10,03Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados individualmente

 

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS - Lebres e Tartarugas: 30º

 

Corridas do mês de Maio

  • 1 - Corrida do 1º de Maio (Lisboa) - 15 Km
  • 6 - Meia Maratona Internacional de Setúbal - 21, 0975 Km
  • 13 - Mini Trail Castelo de Abrantes - 15 Km
  • 20 - Corrida Direito Rugby Europcar (Lisboa) - 10 Km
  • 27 - Corrida do Guincho - Entre Serra e Mar (Janes) - 15 Km

Calendário para o mês de Junho

  • 3 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
  • 7 - Escalada do Mendro (Vidigueira) - 10 Km
  • 16 - Marginal à Noite (Oeiras) - 8 Km
  • 30 - Corrida das Fogueiras (Peniche) - 15 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 09:53

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. EDP Maratona de Lisboa

. Vodafone Meia Maratona de...

. Corrida ActivoBank/Clube ...

. CORRIDA FARMACÈUTICOS

. Corrida do Tejo – dez ano...

. CORRIDA DA LINHA

. São João das Lampas ou da...

. PALMELA RUN

. MARGINAL À NOITE

. CORRIDA DO ORIENTE

.arquivos

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds