Domingo, 30 de Setembro de 2018

CORRIDA FARMACÈUTICOS

Quarto fim-de-semana consecutivo com representantes das LEBRES E TARTARUGAS na estrada.

 

O nosso habitual estradista – Carlos Teixeira – decidiu ficar em repouso e a preparar-se para a Maratona de Lisboa que aí vem den dentro de duas. semanas. Registámos também o regresso de dois atletas recentemente mais ausentes – Carlos Gonçalves e João Valério – e a continuidade do Frederico.

 

A Corrida Farmacêuticos desenvolveu-se num cenário já bem conhecido das estradas da Serra do Monsanto. Apesar da totalidade do percurso ser num bem menos agradável piso de alcatrão a envolvente da floresta, e das muitas sombras existentes ao longo de toda a corrida, amenizaram em certa medida os efeitos das temperaturas ainda num registo estival que teimam em prolongar-se pelo Outono dentro.

 

A primeira sensação com que ficámos foi de um reduzido número de atletas presentes, facto que viémos mais tarde a confirmar: apenas 183 atletas concluíram a corrida dos dez quilómetros. Os nossos temores quanto a uma péssima classificação dos nossos atletas, a rondar os últimos lugares, não se vieram a concretizar. Ainda bem.

 

Uma vez mais, e sem qualquer razão aparente, não se conseguiu respeitar a hora programada para a partida. Passavam mais de cinco a dez minutos, ou talvez mais, para que se iniciasse a contagem decrescente para o início da corrida.

 

Em ambiente de grande confraternização os atletas atacam um percurso com um traçado bem diferente do habitual a todas as corridas que se realizam por estas imediações. Após a partida na Alameda Keil do Amaral damos uma volta por fora e regressamos ao local da partida. Depois de quase completarmos uma segunda volta somos encaminhados para a rotunda do Restaurante dos Montes Claros e convidados a descer aquele troço já bem nosso conhecido mas feito em sentido contrário desde as imediações do Campo de Râguebi do Grupo Desportivo de Direito. Foram cerca de dois quilómetros sempre a descer e que, logo após a inversão ao quilómetro sete, repetimos a outrora “tenebrosa” escalada que só terminará de volta a Montes Claros. Restam-nos os últimos mil metros maioritariamente sempre a descer até à nossa terceira e derradeira passagem pela meta.

 

Mais do que uma corrida foi um agradável treino matinal.

 

E fica-nos uma dúvida. Porquê o nome CORRIDA FARMACÊUTICOS. Trata-se de uma prova organizada por uma associação profissional ou de uma corrida cujos lucros revertem a favor desta classe? Ficámos sem resposta. O que é certo é que já vai na quinta edição.

 

Antes da despedida, e sem que tivéssemos tirado a habitual foto da equipa, os três Tartarugas presentes combinaram um jantar, incluindo o quarto "mosqueteiro", ausente para o o acertar de detalhes relativos a uma bem importante decisão que todos acolheram com grande entusiasmo: a nossa internacionalização com a participação na Maratona de Sevilha em Fevereiro próximo e que será um dos pontos altos das comemorações dos dez anos de existência efectiva das LEBRES E TARTARUGAS.

 

Aos nossos seguidores pedimos que aguardem pacientemente pelos desenvolvimentos desta iniciativa.

 

Atletas que concluiram a Prova: 183

Vencedor: RODRIGO CARRERA (Farmácia Correia): 0:33:20

 

FREDERICO SOUSA (Dorsal Nº 148) 

Classificação Geral: 128º - Classificação no Escalão M5559: 7º

Tempo Oficial: 0:52:08/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:57:46

Tempo médio/Km: 5m:47s  <=> Velocidade média: 10,39Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES (Dorsal Nº 149) 

Classificação Geral: 84º - Classificação no Escalão M6064: 4º

Tempo Oficial: 0:50:55/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:38

Tempo médio/Km: 5m:11s  <=> Velocidade média: 11,59Km/h (*)

 

JOÃO VALÉRIO (Dorsal Nº 150) 

Classificação Geral: 121º - Classificação no Escalão M6064: 9º

Tempo Oficial: 0:56:55/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:56:37

Tempo médio/Km: 5m:40s  <=> Velocidade média: 10,60Km/h (*)

 

 (*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Setembro

  • 8 - Meia Maratona de S. João das Lampas  - 21,0975 Km
  • 16 - Corrida da Linha (Cascais/Carcavelos) - 10 Km
  • 23 - Corrida do Tejo (Lisboa/Oeiras) - 10 Km
  • 30 - Corrida Farmacêutica (Lisboa) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:24

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

Corrida do Tejo – dez anos de “running”

Debaixo de um calor intenso disputou-se a 38ª edição da corrida do Tejo, com a participação de Carlos Teixeira e Frederico Sousa.

 

Foi este duo que há 10 anos atrás nesta mesma corrida esteve na origem dos Lebres e Tartarugas que se formam efetivamente em Março de 2009 após a meia maratona de Lisboa já com o Carlos Gonçalves.

 

Foi o percurso tradicional dos últimos anos com uma partida bem organizada por vagas embora com menos exuberância de que em tempos passados.

 

A corrida do Tejo não é uma corrida muito difícil mas também está longe de ser fácil com algumas subidas difíceis na Cruz Quebrada e entre Paço de Arcos e Santo Amaro e principalmente por se disputar quase sempre debaixo de muito calor.

 

Os tartarugas fizeram provas regulares dentro das suas possibilidades atuais e ainda em fase atrasada da sua preparação após as merecidas férias.

 

Após cortarem a linha de meta e de se restabelecerem do esforço despendido ambos os tartarugas regressaram em ritmo de treino a Algés percorrendo o percurso em sentido inverso.

[Crónica de Carlos Teixeira]

Atletas que concluiram a Prova: 7849

Vencedor: PAULO PINHEIRO (Sporting Clube de Portugal): 0:30:53

 

FREDERICO SOUSA (Dorsal Nº 1789) 

Classificação Geral: 4379º - Classificação no Escalão V55M: 241º

Tempo Oficial: 1:03:52/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:02:55

Tempo médio/Km: 6m:17s  <=> Velocidade média: 9,54Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 1790) 

Classificação Geral: 1525º - Classificação no Escalão V55M: 80º

Tempo Oficial: 0:50:55/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:38

Tempo médio/Km: 5m:04s  <=> Velocidade média: 11,85Km/h (*)

 

 (*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Setembro

  • 8 - Meia Maratona de S. João das Lampas  - 21,0975 Km
  • 16 - Corrida da Linha (Cascais/Carcavelos) - 10 Km
  • 23 - Corrida do Tejo (Lisboa/Oeiras) - 10 Km
  • 30 - Corrida Farmacêutica (Lisboa) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:02

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

CORRIDA DA LINHA

Mais uma vez os Lebres e Tartarugas marcaram presença na Corrida da Linha prova de 10Km com início em Cascais junto à baía e chegada à praia da torre em Carcavelos.

Os Lebres e Tartarugas tiveram representados por Carlos Teixeira e o seu filho André Catela.

Após uma deslocação calma entre Loures e Cascais os dois atletas cumpriram as suas necessidades fisiológicas e depois deslocaram-se para a linha de partida onde 5 minutos depois se iniciou a prova com uma temperatura de 22 graus.

O traçado da prova não trouxe qualquer novidade sendo a principal dificuldade o calor que vai subindo à medida que os kms vão passando.

Após terem cortado a meta os atletas iniciaram uma caminhada até à estação de comboios de Carcavelos de aproximadamente dois kms retornando a Cascais onde tinham deixado o carro.

De salientar que o último Km teve mais 200m metros conforme comprovamos com alguns outros atletas, não sendo importante é difícil de entender que as medições não sejam efetuadas corretamente, o inflacionamento permanente das inscrições assim o exige.

[Crónica de Carlos Teixeira]

 

Atletas que concluiram a Prova: 1139

Vencedor: LUÍS MACAU: 0:32:57

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 529) 

Classificação Geral: 347º - Classificação no Escalão M5559: 29º

Tempo Oficial: 0:51:17/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:26

Tempo médio/Km: 5m:03s  <=> Velocidade média: 11,90Km/h (*)

 

ANDRÉ CATELA (Dorsal Nº 530) 

Classificação Geral: 535º - Classificação no Escalão M2034: 84º

Tempo Oficial: 0:55:33/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:54:42

Tempo médio/Km: 5m:28s  <=> Velocidade média: 10,97Km/h (*)

 

  (*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Setembro

  • 8 - Meia Maratona de S. João das Lampas  - 21,0975 Km
  • 16 - Corrida da Linha (Cascais/Carcavelos) - 10 Km
  • 23 - Corrida do Tejo (Lisboa/Oeiras) - 10 Km

 

 

publicado por Carlos M Gonçalves às 22:42

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 11 de Setembro de 2018

São João das Lampas ou das Rampas !!!!! A RENTRÉE

IMG-20180908-WA0014.jpg

Após três meses de interregno retomei no passado Sábado as corridas depois de umas aventuras no desporto que uniu este trio o Badminton.

 

Não escolhi propriamente a melhor corrida para recomeçar mas estava confiante que com as férias e alguns treinos que efetuei durante as mesmas a corrida corresse bem, o que não se viria a verificar.

 

Apesar de durante a manhã a temperatura ter estado agradável até com alguma chuva, à partida o termómetro da farmácia local mesmo junto à linha de partida indicava 24 graus.

 

A prova é difícil após 3 k m enganadores vem a primeira subida e depois dos 5 aos 7 é sempre a trepar com alguma inclinação acentuada, não são igualmente de desprezar as subidas aos 10 Km, entre os 12 e os 13km, aos 15km e finalmente entre os 17 e os 18Kms.

 

Ao longo de toda a prova senti as pernas fracas a que não será alheio o facto de devido a problemas intestinais ter efetuado dieta nos três dias que precederam a prova e cheguei à meta como não gosto muito cansado.

 

A experiência adquirida ao longo destes 10 anos ajudou-me a concluir a prova apesar de quando passei na meta aos 13 km tenha pensado em desistir o que seria a primeira vez.

 

Esta corrida era também um teste de forma a decidir a minha participação ou não na maratona de Lisboa, mas devido aos problemas que me afetaram antes da prova o resultado considero que  foi inconclusivo.

 

Em relação ao ano passado o percurso manteve-se mas houve melhorias ao nível da incorporação do chip no dorsal, pela primeira vez desde que participo na prova foram também entregues medalhas e por fim há a salientar a criação de  uma prova adicional de 13 Km.

 

A organização como sempre foi excelente sendo de saudar as melhorias introduzidas em relação às edições anteriores, a que me refiro no parágrafo anterior.

Crónica de Carlos Teixeira]

 

Atletas que concluiram a Prova: 407

Vencedor: JOÃO FERNANDES (Casa do benfica FARO): 1:45:57,1

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 343) 

Classificação Geral: 231º - Classificação no Escalão M55: 16º

Tempo Oficial: 1:57:50,6/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:57:30,1

Tempo médio/Km: 5m:34s  <=> Velocidade média: 10,77Km/h (*)

 

  (*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Setembro

  • 8 - Meia Maratona de S. João das Lampas  - 21,0975 Km
  • 16 - Corrida da Linha (Cascais/Carcavelos) - 10 Km
  • 23 - Corrida do Tejo (Lisboa/Oeiras) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:24

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. EDP Maratona de Lisboa

. Vodafone Meia Maratona de...

. Corrida ActivoBank/Clube ...

. CORRIDA FARMACÈUTICOS

. Corrida do Tejo – dez ano...

. CORRIDA DA LINHA

. São João das Lampas ou da...

. PALMELA RUN

. MARGINAL À NOITE

. CORRIDA DO ORIENTE

.arquivos

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds