Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

Corrida das Fogueiras – O frio de Peniche

Peniche hoje uma cidade é um local marcante na vida desportiva dos Lebres e Tartarugas por diversas vezes os seus três fundadores a visitaram para praticar a modalidade que os uniu o badminton. No passado alguns dos melhores praticantes daquele desporto eram naturais de Peniche tendo inclusive atingindo internacionalizações. Apesar de ir participar numa corrida de atletismo curiosamente quando no passado sábado fazia a viagem o meu pensamento estava no passado e naquelas manhã geladas de nevoeiro quando nos dirigíamos para o pavilhão para jogar o badminton, é sempre bom reviver o passado principalmente quando ele nos trouxe momentos inesquecíveis. No que se refere à 38ª edição da corrida das fogueiras os Lebres e Tartarugas estiveram representados por Carlos Teixeira e o seu amigo José Pedro Jordão que fez a sua 2ª corrida e a estreia na distância. Lamentavelmente e de forma a evitar problemas ocorridos em outras provas tivemos que alterar a pedido da organização o nome da nossa equipa para “os focas” dado existir outra equipa com o mesmo nome. Terminada a viagem e estacionada a viatura dirigi-me para a pastelaria Nau local onde habitualmente lanchamos antes da corrida e onde já estava à minha espera o Pedro Jordão. Após o lanche passeámos nas ruas de Peniche que já estava inundada de participantes na corrida das fogueiras e na das fogueirinhas, de acordo com o speaker cerca de 6.000 atletas estavam inscritos nestas duas provas. Antes da partida foi difícil encontrar um local adequado para o aquecimento face ao congestionamento que se verificava naquela zona, mas lá fomos andando de um lado para o outro porque como habitualmente o fim de tarde estava frio. A partida foi dada pelo Presidente da Câmara após umas palavras dirigidas aos atletas e onde foi feita uma breve mas importante referência aos tristes acontecimentos de Pedrógão Grande e aproveito esta crónica para em nomes dos Lebres e Tartarugas deixar o nosso lamento ao sucedido, enviar as condolências a todas as famílias afetadas e deixar o desejo e a esperança que se tomem as medidas necessárias para minimizar estes incidentes e não só voltar a pensar no problema quando ocorrem tragédias. Voltando à corrida o local da partida foi pelo terceiro ano consecutivo junto aos bombeiros, tendo sido os atletas repartidos de acordo com os seus tempos e identificados com pulseiras de diferentes cores. Depois do arranque o percurso foi idêntico ao das edições anteriores, os primeiros 6,5 km no centro da cidade, dos 6,5 km aos 10 Km junto à praia com as habituais fogueiras e os últimos 5 Km de retorno e no centro da cidade onde foram efetuadas algumas alterações, por fim o último km repleto de populares um dos pontos fortes desta corrida. Terminada a prova é de salientar que mais de 2.800 participantes cortaram a meta e o facto de o meu amigo Pedro Jordão ter cortado a meta abaixo da 1h40m que era o objetivo que traçamos quando elaborámos à três meses atrás o plano de treino. Parabéns para ele!!!! A seguir seguiu-se o sempre apreciado jantar num restaurante de Peniche e onde estivemos com um grande amigo de Felix Mourinho que menos de 24h depois faleceu à cada coincidência!!!!

image1.jpeg

Concluída a refeição foi a viagem de regresso a casa e já passavam das 2h30m do dia 25 de Junho quando o signatário deste artigo e atleta tartaruga transformado em foca chegou cansado mas feliz a sua casa.

[Crónica de Carlos Teixeira]

 

Atletas que concluiram a prova: 2895

Vencedor: PAULO J C GOMES (GDC Guilhovai): 0:47:52

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 797)

 

Classificação Geral: 1177º - Classificação no Escalão M5559: 57º

Tempo Oficial: 1:15:56/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:15:28

Tempo médio/Km: 5:02s  <=> Velocidade média: 11,93Km/h (*)

 

PEDRO JORDÃO (Dorsal Nº 798)

 

Classificação Geral: 2633º - Classificação no Escalão M5559: 142º

Tempo Oficial: 1:40:34/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:39:09

Tempo médio/Km: 6:37s  <=> Velocidade média: 9,08Km/h (*)

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Junho

  • 3 - Corrida de Santo António (Lisboa) - 10 Km
  • 4 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
  • 24 - Corrida das Fogueiras (Peniche) - 15 Km

Calendário do Mês de Junho

  • 1 - Corrida do Sporting (Lisboa) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 21:45

link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Junho de 2017

CORRIDA DO ORIENTE - Manter a Tradição

Com regularidade os Lebres e Tartarugas e alguns dos seus familiares e amigos têm participado nas últimas edições da corrida do oriente. Este ano devido à participação na véspera na corrida de Santo António a representação da nossa equipa ficou entregue apenas ao signatário desta crónica.

Face à participação na corrida de Santo António na véspera à noite seguida de um excelente jantar de confraternização dos Lebres e Tartarugas este atleta quando se deitou já eram duas da manhã e a vontade de participar nesta corrida algumas horas depois era muito reduzida, no entanto quando o despertador tocou houve que reagir e preparar-me para mais uma corrida.

Devido ao pouco tempo de descanso a estratégia estava pensada para uma corrida calma sem qualquer preocupação com o tempo, na realidade acabou por correr melhor tendo sido possível obter uma marca não muito diferente do obtido na véspera, de referir contudo que a prova teve apenas 9,8Km.

O percurso da corrida foi alterado em relação aos anos anteriores, assim toda a corrida se realizou no interior do parque das nações num circuito de 5 Km a duas voltas, na minha opinião nada adequado para uma competição e perigoso nalguns pontos havia irregularidades no piso e que no meu caso culminou com uma boa queda entre o km 8 e o 9.

Por fim referir que a organização ficou aquém dos anos anteriores, durante a prova os kms não estavam marcados, a distância da prova não foi cumprida e o percurso inadequado conforme atrás referido, salvou-se o facto do parque das nações ser um local bonito e agradável mesmo com o vento que se fazia sentir e como sempre a tshirt e a caneca tradicionais.

[Crónica de Carlos Teixeira]

 

Atletas que concluiram a prova: 532

Vencedor: CARLOS TIAGO (Belém Runners): 0:34:17

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 275)

 

Classificação Geral: 241º - Classificação no Escalão: Não Divulgado

Tempo Oficial: 0:51:06/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:46

Tempo médio/Km: 5:05s  <=> Velocidade média: 11,82Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário do Mês de Junho

  • 3 - Corrida de Santo António (Lisboa) - 10 Km
  • 4 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:21

link do post | comentar | favorito

CORRIDA DE SANTO ANTÓNIO

Uma Corrida é uma Corrida e, normalmente, vale por si só e pelas suas características particulares. Mas há Corridas que representam muito mais do que uma prova de cariz desportivo.

 

A Corrida de Santo António ficou marcada pelo reagrupamento do núcleo fundador das LEBRES E TARTARUGAS, ainda que um dos atletas estivesse lesionado e num papel que não lhe é habitual. Desprovido do seu equipamento de “runner”, assumiu uma original tarefa de apoio aos seus companheiros de luta, tanto na hora da partida como na celebração na chegada. E este papel custou-lhe muito mais do que se tivesse feito os dez quilómetros no limite das suas forças. Como foi duro … Mas, em compensação, presenciou, pela primeira vez, os primeiros atletas a cortarem a meta, imagem a que, em condições normais, não assistiria e que, espera, não se repita num futuro próximo.

 

Mas a Corrida de Santo António fica também assinalada pelo regresso, ainda que esporádico, do nosso Tartaruga alemão - Georg Waldschütz – que, após ter “emigrado” para os Estados Unidos da América, voltou temporariamente a Portugal para umas curtas férias. E fez logo questão de se inscrever numa qualquer corrida com os seus “velhos amigos” Portugueses e que levou no Coração para as terras do Tio Sam.

 

E como “não há duas sem três” a Corrida de Santo António apadrinhou também a entrada na nossa equipa de um novo atleta recentemente convertido à magia do atletismo de lazer. O José Pedro Jordão fez questão de se “aliar” às LEBRES E TARTARUGAS e manter uma participação regular nestas “andanças”.

 

Perfeito.

 

Antes das oito e trinta toda a comitiva, atletas e acompanhantes, juntava-se à entrada da Praça D. Pedro IV, vulgarmente conhecida por Rossio, onde todos os atletas, lesionado incluído, tiram as habituais fotos e das quais as melhores irão figurar na crónica a publicar no nosso Blogue.

IMG_0732.JPG

IMG_0745.JPG

Os atletas são separados em vários compartimentos de acordo com os tempos expectáveis para a conclusão da prova. Feitas as despedidas aguarda-se pelo sinal da partida.

 

O Traçado é basicamente igual ao da Corrida de São Silvestre de Lisboa, mas sem a subida e descida final da Avenida da Liberdade.

 

Mas a prova, propriamente dita, ficou para segundo plano. Foi mais um “treininho” para desentorpecer as pernas nesta fase final da época 2016/2017. Poucas provas nos esperam até irmos “a banhos”. A Corrida de Santo António foi um momento alto de confraternização da nossa equipa.

 

Com todos os atletas a recuperarem do esforço fica uma fotografia final para apresentação da “camisola oficial” para a nova época.

IMG_0743.JPG

Até parecemos uma equipa de futebol …

 

Estamos em Portugal e,invariavelmente, qualquer celebração passa por uma boa refeição, onde deveremos recuperar as calorias gastas no esforço da corrida, e acrescentar mais algumas. A cervejaria Riba D’Ouro aguardava-nos.

 

O ambiente foi de festa. O Georg estava simplesmente deslumbrado. Até tirou uma fotografia ao “Bife” que não conseguiu ingerir por completo.

IMG_0748.JPG

No ar ficam promessas de uma presença das LEBRES E TARTARUGAS numa Maratona, ou numa Meia-Maratona, nos "States". É um projecto a considerar.

 

Atletas que concluiram a prova: 2483

Vencedor: CARLOS CARDOSO (GFD Running): 0:32:44

 

GEORG WALDSHÜTZ (Dorsal Nº 2746)

 

Classificação Geral: 673º - Classificação no Chip: 572º - Classificação no Escalão Sénior M: 100º

Tempo Oficial: 0:48:43/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:47:11

Tempo médio/Km: 4m:43s  <=> Velocidade média: 12,72Km/h (*)

 

FREDERICO SOUSA (Dorsal Nº 2747)

 

Classificação Geral: 1807º - Classificação no Chip: 1798º - Classificação no Escalão V50: 162º

Tempo Oficial: 1:01:28/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:59:58

Tempo médio/Km: 6m:00s  <=> Velocidade média: 10,01Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 2748)

 

Classificação Geral: 734º - Classificação no Chip: 757º - Classificação no Escalão V55: 36º

Tempo Oficial: 0:49:23/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:49:03

Tempo médio/Km: 4m:54s  <=> Velocidade média: 12,23Km/h (*)

 

JOSÉ PEDRO JORDÃO (Dorsal Nº 2749)

 

Classificação Geral: 2128º - Classificação no Chip: 2132º - Classificação no Escalão V55: 100º

Tempo Oficial: 1:09:11/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:07:42

Tempo médio/Km: 6m:46s  <=> Velocidade média: 8,86Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário do Mês de Junho

  • 3 - Corrida de Santo António (Lisboa) - 10 Km
  • 4 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 22:24

link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Junho de 2017

CORRIDA DE BELÉM

Os Lebres e Tartarugas participaram pelo segundo ano consecutivo na Corrida de Belém, tal como no primeiro ano representados pela dupla Frederico Sousa/Carlos Teixeira.

 

O dia começou nublado e com o sol a fazer caretas, durante a corrida houve períodos com uma temperatura agradável e outros com mais calor quando o sol despontava com força.

 

Antes da partida no mítico Estádio do Restelo os tartarugas fizeram um curto aquecimento que consistiu numa volta à pista de atletismo.

 

Ás 10h iniciou-se a partida na pista do Estádio do Restelo com os atletas a correrem algo congestionados principalmente no momento da saída do complexo desportivo.

 

A corrida de Belém nos primeiros 5 km é bastante sinuosa com subidas e descidas algo acentuadas o que rapidamente dispersou os atletas de acordo com os seus diferentes ritmos, seguiram-se 3,5 kms planos corridos maioritariamente na zona de Belém e a principal dificuldade ocorre na subida entre os 8,5Km e 9,2Km, depois é acelerar até à entrada do Estádio e nos últimos metros corridos na pista de atletismo do mesmo.

 

Não sendo uma corrida fácil, na distância de 10 Km é capaz de ser das mais difíceis do calendário dos Lebres e Tartarugas (batida apenas pelo GP Mem Martins) torna-se bastante agradável por se desenrolar numa zona muito bonita com o ponto mais alto na vista deslumbrante sobre o Rio Tejo no interior do Estádio do Restelo.

 

[Crónica de Carlos Teixeira]

 

Atletas que concluiram a prova: 690

Vencedor: HUGO PEREIRA (Individual): 0:34:36

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 750)

 

Classificação Geral: 211º - Classificação no Chip: 201º - Classificação no Escalão V55: 14º

Tempo Oficial: 0:51:22/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:43

Tempo médio/Km: 5m:04s  <=> Velocidade média: 11,83Km/h (*)

 

FREDERICO SOUSA (Dorsal Nº 751)

 

Classificação Geral: 588º - Classificação no Chip: 583º - Classificação no Escalão V50: 5º

Tempo Oficial: 1:08:21/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:07:41

Tempo médio/Km: 6m:46s  <=> Velocidade média: 8,86Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Maio

  • 1 - Corrida do 1º de Maio (Lisboa) - 15 Km
  • 21 - Lisbon Eco Marathon (Lisboa) - 42,195 Km
  • 28 - Corrida de Belém (Lisboa) - 10 Km

Calendário para o Mês de Junho

  • 3 - Corrida de Santo António (Lisboa) - 10 Km
  • 4 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 00:32

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PALMELA RUN

. MARGINAL À NOITE

. CORRIDA DO ORIENTE

. CORRIDA DE BELÉM

. DIA DESPORTO ALLIANZ

. LX TRAIL MONSANTO

. CORRIDA CIDADE DE VENDAS ...

. TRILHO DAS LAMPAS

. MEIA MARATONA DE SETÚBAL

. CORRIDA DO 1º DE MAIO

.arquivos

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds