Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

CORRIDA SÃO SILVESTRE DE LISBOA

O ano de 2010 terminou em beleza com as três TARTARUGAS de novo reunidas.

 

Este período que agora se encerra foi bastante profícuo no que a participações em corridas diz respeito. De Janeiro a Dezembro estes altetas cumpriram nada mais nada menos do que trinta e duas corridas. Se descontarmos o mês de Agosto que foi de puro e absoluto descanso competitivo, e se referirmos que em Julho apenas competiram no primeiro fim-de-semana, isto tudo dá numa incrível média de mais de três corridas por mês. Somando todas as distâncias percorridas em provas estas "pessoas" correram mais de 433 Km ao longo de 2010. Dava para partirem de Lisboa ao Porto e regressarem a Coimbra. Se adicionarmos ainda todos os quilómetros palmilhados em treinos cumpririam seguramente uma distância equivalente à ligação entre as duas capitais da Península Ibérica: Lisboa e Madrid.

 

Neste segundo ano de actividade conjunta as TARTARUGAS começaram a enveredar por provas cada vez mais longas. A distância média percorrida por prova este ano foi de 13,6 Km. EM 2009, tendo participado em 19 corridas, registaram uma média de 12,9 Km.

 

Em 2010 participámos em seis Meias-Maratonas. Sintomático foi também a opção, a partir de determinada altura, por provas de montanha que oportunamente designámos por "off the road". Os 13 Km do Guincho, a Corrida dos Moinhos de Penacova e a Corrida do Monge foram a oportunidade que os nossos atletas aproveitaram para inscrever os seus nomes no CIRCUITO NACIONAL DE MONTANHA SALOMON.

 

E nas provas emblemáticas e clássicas lá marcaram presença as TARTARUGAS:

  • Grande Prémio do Fim da Europa
  • 20 KM de Cascais
  • Corrida dos Sinos
  • Corrida do Metro
  • Corrida do Oriente
  • Corrida das Fogueiras
  • Corrida do Destak
  • Meias Maratonas das Pontes 25 de Abril e Vasco da Gama
  • Corrida do Tejo
  • Meia Maratona da Nazaré
  • São Silvestre de Lisboa

E, acima de tudo, a Corrida que é mais um "ponto de encontro" do que uma prova de competição: a tão concorrida e desejada "Marginal à Noite".

 

Só fica mesmo a faltar a participação numa MARATONA de corpo inteiro. Lá chegaremos...

 

Feito o balanço de 2010 é tempo de dedicar algumas linhas à São Silvestre de Lisboa.

 

Com um número recorde de participantes em todas as modalidades esta corrida foi o ponto final do ano de 2010.

 

Uma prova simpática realizada na zona antiga de Lisboa e, como habitualmente, com muito público a assistir e a incentivar os corredores. O percurso foi ligeiramente diferente do de 2009 revelando-se, na  versão deste ano, mais equilibrado. Como único senão temos de salientar os troços efectuados na Avenida Ribeira das Naus, entre o Cais do Sodré e o Terreio do Paço, e entre este e o Campo das Cebolas. Devido às obras de intervenção e requalificação nesta zona ribeirinha, a iluminação pública era inexistente. Assim os atletas tiveram "positivamente" de adivinhar os melhores locais para colocarem os pés. Felizmente que nada de grave aconteceu.

 

A subida da Avenida da Liberdade foi o derradeiro obstáculo ao fim de mais de seis quiómetros de prova. Custou mas foi. A partir da viragem no Marquês de Pombal iniciou-se a gloriosa descida até à meta instalada, tal como à partida, no Terreiro de Paço - Praça do Comércio. Um último "sprint" e já está. É só conferir o tempo gasto e, de imediato, dar lugar à tão necessária e aconselhável recuperação muscular pós competição.

 

E é também oportunidade de se reagruparem os vários grupos e de se encontrarem velhos conhecidos nesta imensa multidão de atletas.

 

DEVER CUMPRIDO.

 

Por ter sido afirmado neste local que o Frederido andava a treinar em segredo cumpre-nos esclarecer que os seus últimos resultados se devem essencialmente ao facto de ter deitado fora alguns quilitos as mais, cerca de de dez. Este facto por si só reflecte-se nos tempos e desempenhos conseguidos nas últimas provas. Nada de treinos e preparação "às escondidas"...

 

Atletas que concluiram a prova: 3567

Vencedor: Hermano Ferreira(Conforlimpa) - Tempo Oficial: 0:29:15

 

FREDERICO SOUSA

Classificação Geral: 2239º- Classificação no Escalão M45: 280º

Tempo Oficial: 0:56:47/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:55:39

Tempo médio/Km: 5m:34s  <=> Velocidade média: 10,78 Km/h (*)

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA

 CARLOS TEIXEIRA 

Classificação Geral: 1580º - Classificação no Escalão M50: 129º

Tempo Oficial: 0:52:44/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:51:40

Tempo médio/Km: 5m:10s  <=> Velocidade média:11,61 Km/h (*)

 MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA E NA DISTÂNCIA DE 10 KM

CARLOS GONÇALVES 

Classificação Geral: 1328º - Classificação no Escalão M50: 110º

Tempo Oficial: 0:51:11/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:03

Tempo médio/Km: 5m:00s  <=> Velocidade média: 11,99Km/h (*)

 MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário para o mês de Dezembro 

  • 5 - MARATONA DE LISBOA - Prova da Meia Maratona : 21,0975 Km
  • 26 - São Silvestre de Lisboa (Lisboa - 10 Km) 
publicado por Carlos M Gonçalves às 01:22

link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Dezembro de 2010

BOAS FESTAS

"Quando a cabeça não pensa as pernas não obedecem".

Este poderá ser o lema que os atletas corredores devem seguir. Numa corrida mais do que ter pernas e boa preparação física é essencial que a prova seja abordada e realizada com inteligência, com cabeça, para não ter surpresas que lhe condicionem o resultado final. Mesmo que o objectivo seja tão só terminar uma prova é importante que o façamos nas melhores condições.

 

Amanhã teremos a derradeira prova de 2010 com a participação na São Silvestre de Lisboa. É a altura de fechar o ano em beleza. A quadra natalícia não é propícia à boa forma. São certamente, e para a maioria dos atletas que não de "alta competição", muitas as "asneiras" que nos esperam: muita e boa comida e também consumo de álcool acima dos limites aconselhados. Mas, para quem não é profissional da corrida, estas "transgressões" também fazem parte de uma postura que tem como principal objectivo gozar a vida.

 

As Tartarugas desejam a todos os amigos e visitantes um Feliz Natal..

 

publicado por Carlos M Gonçalves às 20:53

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

MARATONA DE LISBOA - Prova da Meia Maratona

Uma semana volvida após a participação na Corrida Luzia Dias as TARTARUGAS estão de volta ao asfalto para cumprirem a sua sexta Meia Maratona do ano de 2010:

  • Meia Maratona EDP - Abril
  • Meia Maratona de Setúbal (Costa Azul) - Maio
  • Meia Maratona dos Palácios (Sintra/Queluz) - Maio
  • Meia Maratona de Portugal - Setembro
  • Meia Maratona da Nazaré - Novembro
  • Maratona de Portugal/Meia Maratona - Dezembro

A distância de 21,0975 Km começa a ser bastante conhecida por estes atletas e cumprindo-a com cada vez menor dificuldade. Longe vão os tempos em que terminar uma Meia Maratona era uma aventura de grande sacrifício, físico e mental. Agora qualquer corrida com dez/doze quilómetros começa a ser uma rotina e encarada com ânimo mais leve. O objectivo já não é terminar mas realizar tempos cada vez menores.

 

E perante isto a que pergunta que se impõe é: "Para quando a participação numa MARATONA", a mítica prova que é, sem dúvida, o secreto desejo de qualquer atleta de corridas de longa distância. Mais do que uma preparação física adequada é necessária, sobretudo, uma grande disponibilidade psicológica para encarar uma corrida com mais de quarenta e dois quilómetros. E, para quem percorre habitualmente uma meia maratona na casa das duas horas, uma hora e cinquenta, tem de estar mentalmente preparado para um desafio de cinco ou mais horas sempre a correr. Mesmo um atleta bem preparado e habituado a estas distâncias não consegue cumprir uma Maratona apenas no dobro do tempo normalmente gasto numa meia maratona. O que dizer então de atletas puramente amadores e que, em virtude das suas vidas profissionais e familiares, não conseguem dedicar-se a uma preparação específica e adequada para corridas de longa distância. Assim, e no caso de pretenderem iniciar-se na "Prova Rainha", é mais prudente prepararem-se psicologicamente para estarem a correr entre 5 a 6 horas. Nada mau.

 

E é tanto ou mais importante uma contínua hidratação como uma adequada alimentação, antes e durante a corrida, bem como não cair na tentação de iniciar a corrida com um ritmo muito elevado.

 

A ver vamos quando alguma(s) Tartaruga(s) terá o nome inscrito no rol dos que concluiram uma MARATONA. É de aguardar pois ... talvez já tenha faltado mais tempo.

 

Esta meia maratona desenrolou-se num cenário já habitual e conhecido por quem tem participado regularmente em corridas na cidade de Lisboa. Cumpriram-se troços já utilizados parcialmente quer na Meia Maratona da EDP, quer na Corrida do Metro e na Corrida do 1º de Maio. Aquela subida final de mais de três quilómetros ao longo da Rua da Palma/Avenida Almirante Reis foi muito demolidora.

 

Sem grandes surpresas os atletas iniciaram a sua meia maratona exactamente no ponto onde os MARATONISTAS cumpriam metade da sua prova, na Avenida 24 de Julho ao fundo da Avenida D. Carlos I em Santos. Ao som de palmas e de incentivos aos heróis que iniciaram a corrida no Estádio 1º de Maio às nove da manhã, os Meio-maratonistas aqueciam e preparavam-se para finalmente começarem a sua prova. Certamente com alguma pena, e talvez arrependimento, de não estarem também ali a passarem integrados no lote dos maratonistas.

 

A corrida foi normal com cada um a procurar a melhor posição. Formaram-se, como é costume, grupos espontâneos para levarem a cabo a corrida no melhor ritmo. Usando a já estafada táctica das lebres um dos atletas/tartarugas "colou-se" literalmente a uma alteta mais nova que lhe garantiria a manutenção de uma cadência que sozinho não estaria ao seu alcance.

 

Pouco mais há a acresentar. Mais uma prova que teve como única grande contrariedade o vento que por vezes se fez sentir forte e a opôr-se aos corredores. E quando se pensava que o vento iria soprar pelas costas, dando uma preciosa ajuda, parece que simplesmente desapareceu ou mudou de direcção.

 

Cumprido o "calvário final" que foi a subida desde o Martim Moniz até à Praça do Areeiro começam-se a contar os quilómetros que faltam para terminar a prova. Prova que terminou gloriosamente na pista de atletismo do majestoso Estádio 1º de Maio. Majestoso porque cada vez são mais raros os estádios com uma Pista de Atletismo, modalidade que formou tantos heróis e que tantas alegrias deu ao povo Português.

 

Mais uma corrida cumprida. Mais um conjunto de dificuldades ultrapassadas. Ao cansaço junta-se a glória individual de mais um obstáculo vencido.

 

E para terminar o ano em beleza segue-se a derradeira Corrida de São Silvestre em Lisboa. A menos que os atletas ainda "inventem" e "desencantem" para aí mais alguma prova surpresa.

 

Atletas que concluiram a prova: 1229

Vencedor: Tiago Silva (ADRAP) - Tempo Oficial: 1:12:34

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 925º - Classificação no Escalão M50: 111º

Tempo Oficial: 2:09:47/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 2:08:38

Tempo médio/Km: 6m:06s  <=> Velocidade média:9,84 Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral:579º - Classificação no Escalão M50: 73º

Tempo Oficial: 1:55:15/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:54:06

Tempo médio/Km: 5m:24s  <=> Velocidade média: 11,09Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário para o mês de Dezembro 

  • 5 - MARATONA DE LISBOA - Prova da Meia Maratona : 21,0975 Km
  • 26 - São Silvestre de Lisboa (Lisboa - 10 Km) 
publicado por Carlos M Gonçalves às 00:04

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 5 de Dezembro de 2010

4ª CORRIDA LUZIA DIAS

A manhã apresentava-se fria, muito fria. A chuva ameaçava marcar presença. Mas nem mesmo com este cenário pouco convidativo os "artistas" deixaram de aparecer. Para combater o frio nada como um aquecimento mais prolongado.

 

Segundo a organização esta prova teria uma duração de aproximadamente dez quilómetros. Atendendo a que o percurso deste ano era exactamente o mesmo de 2009, e a fazer fé em informações obtidas no ano passado junto de um atleta que correu com um  relógio com GPS, esta corrida teve uma extensão de 10,1 quilómetros.

 

Mas o que interessa é que mais de 600 atletas estiveram à partida ultrapassando assim o número de 586 que concluiram a corrida em 2009.

 

Sem grandes aliciantes esta prova serviu um pouco para "cumprir calendário" e de preparação para a Meia Maratona de Lisboa que se realizaria uma semana depois.

 

A única novidade da edição deste ano foi o não ter havido o habitual abastecimento sensivelmente a meio da corrida. Segundo nos informaram à chegada houve uma avaria da carrinha que deveria transportar as águas ... O que valeu foi que o calor não se fez sentir ficando assim minimizados os efeitos da sede. É certamente uma prova a repensar para futuras participações. O facto de se tratar de uma corrida no mais puro esírito amador não desculpa tudo. Em outras de natureza idêntica em que participámos tudo correu pelo melhor.

 

As duas Tartarugas presentes, o terceiro elemento entrou num ritmo de participação mais intermitente ..., cumpriram os seus propósitos melhorando os tempos ao ano passado. Caso a corrida tivésse uma extensão de dez quilómetros os nossos atletas teriam estabelecido novas melhores marcas. Como não há certezas quanto à distância exacta ficamo-nos pelos "record" individuais na prova.

 

Atletas que concluiram a prova: 626

Vencedor: Carlos Silva (Sporting Clube de Portugal) - Tempo Oficial: 0:30:11

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 434º - Classificação no Escalão M50: 63º

Tempo Oficial: 0:50:11/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:46

Tempo médio/Km: 5m:01s  <=> Velocidade média:11,94 Km/h (*)

 MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA  

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral:338º - Classificação no Escalão M50: 45º

Tempo Oficial: 0:47:09/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:47:04

Tempo médio/Km: 4m:58s  <=> Velocidade média: 12,08Km/h (*)

 MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas realizadas no mês de Novembro

       
  • 14 - Meia Maratona da Nazaré : 21,0975 Km
  • 28 - Corrida Luzia Dias (Lisboa - 10 Km)

Calendário para o mês de Dezembro

  • 5 - MARATONA DE LISBOA - Prova da Meia Maratona (21,0975Km)
  • 26 - São Silvestre de Lisboa (10 Km)
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:12

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MEIA MARATONA DOS DESCOBR...

. CORRE JAMOR

. CORRIDA DA ÁGUA

. MARATONA DO PORTO

. TRAIL DA REAL TAPADA

. CORRIDA DO MONTEPIO

. EDP Maratona de Lisboa

. Vodafone Meia Maratona de...

. Corrida ActivoBank/Clube ...

. CORRIDA FARMACÈUTICOS

.arquivos

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds