Sábado, 10 de Julho de 2010

CORRIDA PELA INCLUSÃO SOCIAL - 512 Anos da SCML

 

"Esta foi a primeira prova "off the season" das Tartarugas", nas palavras de Frederico Sousa após o final da Corrida. Quem disse que as Tartarugas iriam definitivamente para férias após a Corrida das Fogueiras?

 

A Paixão supera a Razão. E será que estes antigos atletas de Badminton conseguem resistir a cerca de dois meses de puro descanso? Não haverá entretanto, antes do início de Setembro, alguma prova que desencaminhe alguns dos Tartarugas a quebrar o "jejum" a que se propuseram? Entretanto um deles, Carlos Catela Teixeira, tem agora como prioridade máxima preparar-se para a participação numas Olimpíadas da empresa onde trabalha, e na bem conhecida modalidade de Badminton. E logo num destino aprazível como é a bela cidade de Budapeste. BOA SORTE!!!

 

A Corrida Pela Inclusão Social, organizada pela Santa Casa de Misericórdia de Lisboa e integrada na comemoração dos 512 anos da instituição, teve uma larga adesão. É certo que a inscrição era gratuíta. Mas também o calor abrasador que se iria esperar poderia, pelo menos em teoria, afastar os mais receosos.

 

Mas "FESTA É FESTA". E para a Festa todos estamos, à partida, convidados e disponíveis.

 

O dia começou bem, pelo menos para os amantes do tempo quente. Muito calor logo pela manhã. Decerto que à hora da partida a temperatura do ar já ultrapassaria, com grande probabilidade, os trinta graus centígrados. Haveria que encontrar as sombras disponíveis ao longo do trajecto.

 

Como o traçado era fácil em circunstâncias normais os atletas procurariam um alto desempenho na tentativa de obterem uma marca de referência. Pois, mas o calor era o grande obstáculo e o mais temível adversário. Por isso a maioria dos participantes encararou a participação na "Corrida pela Inclusão Social" com um estado de espírito de convívio e pouco mais.

 

Os Tartarugas fizeram-se acompanhar de novas e reincidentes promessas que já tinham marcado presença  na "Marginal à Noite": Gonçalo Andrade e Sousa e Gonçalo Ryder Ribeirinho. O vício começa a despertar nestes jovens atletas. Há que assegurar a continuidade e a renovação do grupo. E revelaram uma grande CORAGEM ao abalançarem-se numa corrida de 10 Km, e logo numa manhã tórrida como esta.

 

A corrida começava logo a descer desde o alto do Parque Eduardo VII até à Avenida de Berna pelo que o ritmo imprimido foi bastante alto. Daí até à Churrasqueira do Campo Grande era sempre a andar, não haveria à partida grandes problemas. O retorno já era conhecido da Corrida do Metro e do Grande Prémio do Natal. Subir a Avenida da República até ao Saldanha e, a partir desse ponto, era um contínua e bem apetecível descida até à meta na Praça dos Restauradores. A passagem pelos túneis do Campo Grande e da Avenida da República reservava-nos troços teoricamente frescos por se encontrarem em sombra total. Pois ... mas de refrescantes nada tiveram estas passagens subterrâneas.

 

Chegados à Praça Duque de Saldanha tinha terminado, pelo menos em teoria, o longo calvário. O calor apertava e os atletas não tinham descanso. E como a passagem pelo Marquês de Pombal pareceu longa e penosa. Com os últimos quilómetros realizados ao longo da Avenida da Liberdade todos pressentiam que o fim, da corrida, estava próximo. Procurando as sombras das frondosas árvores imprimia-se o ritmo mais elevado possível. Após a passagem da meta, e já em fase de recuperação, os atletas faziam contas aos tempos alcançados. Até não tinha sido tão mau como seria de esperar. E também estavam guardadas algumas surpresas. A maior delas vem do Gonçalo Ribeirinho. Apesar de ser ainda um principiante nestas provas conseguiu um óptimo tempo interpondo-se no meio das Tartarugas Séniores/Veteranas. Nada mau. Aliás foi mesmo óptimo. A continuar assim o futuro nas corridas será concerteza risonho.

 

Pressente-se que temos aqui um novo companheiro, se não em todas as corridas em que as Tartarugas participarão pelo menos nas mais emblemáticas.

 

Atletas que concluiram a prova: 1427

Vencedor: Artur Santiago (Grupo Desportivo Unidos Caxienses) - Tempo Oficial:0:30:15

 

FREDERICO SOUSA

Classificação Geral: 1035º - Classificação no Escalão (M4045): 160º

Tempo Oficial: 0:56:00/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:55:33

Tempo médio/Km: 5m:47s  <=> Velocidade média: 10,37 Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 833º - Classificação no Escalão (M5054): 121º

Tempo Oficial: 0:51:40/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:51:05

Tempo médio/Km: 5m:19s  <=> Velocidade média: 11,28 Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral: 556º - Classificação no Escalão (M5054): 81º

Tempo Oficial: 0:47:15/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:46:47

Tempo médio/Km: 4m:52s  <=> Velocidade média: 12,31 Km/h (*)

 

GONÇALO RIBEIRINHO

Classificação Geral: 940º - Classificação no Escalão (M2039): 290º

Tempo Oficial: 0:53:55/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:43:30

Tempo médio/Km: 5m:34s  <=> Velocidade média: 10,77 Km/h (*)

 

GONÇALO ANDRADE E SOUSA 

Classificação Geral: 1390º - Classificação no Escalão (M1819): 23º

Tempo Oficial: 1:11:41/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:11:16

Tempo médio/Km: 7m:25s  <=> Velocidade média: 8,08Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

E Agora BOAS FÉRIAS!!!

publicado por Carlos M Gonçalves às 11:33

link do post | comentar | favorito
Domingo, 4 de Julho de 2010

31ª CORRIDA DAS FOGUEIRAS - Peniche

Para terminar em beleza nada como uma prova muito especial.

 

Os atletas TARTARUGAS completam a primeira fase da época de atletismo do ano de 2010. Ou então terminam a época 2009/2010. É à vontade de cada um.

 

A Corrida das Fogueiras já é uma tradição. Por isso a afluência de atletas é anormalmente grande. Este ano a organização esteve um pouco, digamos, "desorganizada". Só muito tardiamente os atletas puderam confirmar que estavam efectivamente inscritos. E quanto à Corrida das Fogueirinhas ainda foi pior. Além de não haver controlo dos tempos os atletas inscritos nem tiveram direito a dorsal.

 

Mas as TARTARUGAS lá marcaram de novo presença devidamente acompanhados pela família. Este ano até foram acompanhados por quatro Tartaruguinhas:

Da esquerda para a direita, na fila de baixo - Gonçalo Castel-Branco, Gonçalo Andrade e Sousa, André Catela (repetente de 2009) e André Gonçalves.
É tempo de começarmos a pensar no futuro e de angariarmos novos elementos para o clube das LEBRES E TARTARUGAS.
Este ano as condições meteorológicas eram, à partida, bastante melhores que as verificadas no ano passado. E depois como os atletas estão num bom momento de forma estavam assim reunidos todos os condimentos propícios à obtenção de boas prestações. Quem sabe melhorar os tempos de 2009 e, se possível, até bater as melhores marcas nesta distância. E todos os nossos atletas "Séniores" não só conseguiram bater os tempos da edição anterior como um deles conseguiu mesmo estabelecer um novo melhor tempo na distância de 15 Km.
Apesar de um início muito atribulado, a principal preocupação estava em evitar atropelos e quedas, cedo se verificou que o ritmo era bastante elevado. Apesar de só se poder correr em condições a partir do quilómetro três desde logo, após a passagem do quarto quilómetro, se verificou que a continuar assim os atletas estavam lançados para uma corrida em grande estilo.
O percurso era o mesmo da edição anterior. Após a primeira passagem pela zona da Partida/Chegada, os atletas preparam-se para atacar a mais bela secção da corrida. Na estrada que irá passar pelo Cabo Carvoeiro é o perfeito contacto com a natureza. Sem a presença da luz artificial os corredores guiam-se apenas pela fraca luminosidade do céu e, de quando em vez, pelos clarões das fogueiras "semeadas" ao longo do percurso. É sem dúvida o grande atractivo da Corrida das Fogueiras.
Como a chuva não marcou presença este ano foi notória uma maior adesão popular. Desde as palmas aos gritos de incentivo tudo serviu para dar um pequeno/grande empurrão aos heróicos atletas. Assim nem se sente o esforço. E nem faltaram também as VUVUZELAS.
Para além da ausência da chuva o vento também decidiu estar presente mas numa lógica de apoio. Não foi tão forte como em 2009 e alternou entre soprar de frente e dar um bem apetecido empurrão pelas costas. Até a morfologia do traçado pareceu este ano bastante mais equilibrada. A alternância entre subidas e descidas foi um precioso tónico e uma grande "ajudinha" quando as pernas já parecia que começavam a pesar.

Ao quilómetro quatorze, e já no regresso a Peniche, todos sentem que o fim está próximo. E mesmo sem olhar para o relógio paira no ar a sensação de se pode conseguir um bom tempo. Sem pensar no cansaço acumulado o "sprint" final é a grande prioridade. Um último fôlego para cruzarmos exaustos a linha da meta. E desta vez com o estímulo de se saber que as nossas famílias também irão presenciar a enorme alegria que todos sentimos que o esforço, por vezes levado até a exaustão, compensa. As pernas pesam mas a cabeça fica muito mais leve.

 

Depois da recuperação final ainda há oportunidade para reencontrar velhos conhecidos destas e de outras andanças.

 

E, após um retemperador banho, lá vem o habitual jantar de confraternização e de recuperação.

 

E quem disse que a época já terminou? As Tartarugas não conseguem ir de Férias. À mesa do Restaurante já começaram a ser lançadas para o ar sugestões para uma corrida extra no próximo fim de semana. E atenção que um dos presentes (Carlos Gonçalves) tinha de estar no dia seguinte, entre as 7H30 e as 8H30, na Gare do Oriente para participar no Lisboa Bike Tour. O Mundo continua e ... as Tartarugas não param. "PARAR É MORRER".

 

Atletas que concluiram a prova: 1849

Vencedor: Hermano Ferreira (Maratona Clube de Portugal) - Tempo Oficial: 0:47:14

 

FREDERICO SOUSA

Classificação Geral: 1463º- Classificação no Escalão (Vet2/M4549): 230º

Tempo Oficial: 1:24:58/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:23:55

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA E NA DISTÂNCIA DE 15 KM

Tempo médio/Km: 5m:36s  <=> Velocidade média: 10,72 Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 1363º - Classificação no Escalão (Vet3/M5054): 189º

Tempo Oficial: 1:22:59/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:21:42

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA

Tempo médio/Km: 5m:27s  <=> Velocidade média: 11,02 Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral: 1018º - Classificação no Escalão (Vet3/M5054): 136º

Tempo Oficial: 1:16:10/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:15:03

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA E NA DISTÂNCIA DE 15 KM

Tempo médio/Km: 5m:00s  <=> Velocidade média: 11,99Km/h (*)

 

Dos Atletas mais novos não há registo oficial dos tempos e nem houve classificação. Apenas alguns cronometraram as suas provas

 

ANDRÉ CATELA

Tempo Cronometrado: 0:28:56

Tempo médio/Km: 4m:49s  <=> Velocidade média: 12,44Km/h (*)

 

ANDRÉ GONÇALVES

Tempo Cronometrado: 0:29:58

Tempo médio/Km: 5m:00s  <=> Velocidade média: 12,01Km/h (*)

 

Corridas para o mês de Junho

  • 6 de Junho - Corrida do Oriente (Lisboa)
  • 20 de Junho - Corrida Cidade do Entroncamento
  • 26 de Junho - Corrida das Fogueiras (Peniche)
publicado por Carlos M Gonçalves às 19:58

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Julho de 2010

XIX GRANDE PRÉMIO DO MUSEU NACIONAL FERROVIÁRIO - Entroncamento

 

Menos de doze horas depois de concluirem a Marginal à Noite eis que as Tartarugas regressam à competição. Apenas um dos atletas, ausente da corrida da véspera por se estar a debater com um problema a nível dental, teve o repouso e o tempo necessários para preparar esta prova. Mesmo assim, e com este "handicap", o trio lá se apresentou fresquinho de manhã no Entroncamento e disposto a enfrentar e ultrapassar todas as vicissitudes da Corrida. Estava bem viva na memória de todos a prova do ano passado: muito calor e alguns problemas no primeiro abastecimento de água por volta do quilómetro seis. Em ambos estes pormenores a edição de 2010 esteve bastante melhor.

 

Quanto à temperatura ambiente, factor não controlável pela organização, o cenário foi mais agradável do que há um ano. No que se refere ao abastecimento de água constatámos que a organização aprendeu com os erros passados o que prova que ouviu as queixas de alguns atletas.

 

Centrando a atenção na prova propriamente dita refira-se que o percurso não sofreu alterações. O que em si não é negativo, antes pelo contrário. O traçado é bastante agradável com a primeira parte a desenrolar-se dentro da cidade com os atletas a evoluirem pelas ruas do Entroncamento, convidando o público assistente a apoiar e incentivar os corredores. E como isso ajuda. A partir do quilómetro oito os atletas entram na secção mais agradável, no Parque do Bonito e com passagem junto à Lagoa. Belo e refrescante.

 

O Grande Prémio do Entroncamento não é uma corrida que atraia muitos participantes. Mas os "habitués" estão lá, alguns que também estiveram na véspera na "Marginal".

 

Falando no desempenho das Tartarugas refira-se que todos eles estiveram ao seu (melhor) nível, mesmo os que não gozaram do recomendável repouso. Todos melhoraram os tempo de 2009.

 

E para teminar em beleza a primeira parte da época segue-se a mítica "Corrida das Fogueiras". Certamente que as Tartarugas vão dar o máximo na tentativa de melhorarem os tempos do ano passado. Assim as condições meteorológicas ajudem, sem a dispensável presença da chuva e do forte vento verificados há um ano.

 

Atletas que concluiram a prova: 531

Vencedor: Hamid Hakin(UFCI Tomar) - Tempo Oficial: 0:33:19

 

FREDERICO SOUSA

Classificação Geral: 482º- Classificação no Escalão (Vet2/M4549): 88º

Tempo Oficial: 0:58:09/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:58:04

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA

Tempo médio/Km: 5m:48s  <=> Velocidade média: 10,33 Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 456º - Classificação no Escalão (Vet3/M5054): 78º

Tempo Oficial: 0:54:55/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:54:50

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA

Tempo médio/Km: 5m:29s  <=> Velocidade média: 10,94 Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral: 383º - Classificação no Escalão (Vet3/M5054): 70º

Tempo Oficial: 0:50:38/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:31

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA

Tempo médio/Km: 5m:03s  <=> Velocidade média: 11,88Km/h (*)

 

Corridas para o mês de Junho

  • 6 de Junho - Corrida do Oriente (Lisboa)
  • 20 de Junho - Corrida Cidade do Entroncamento
  • 26 de Junho - Corrida das Fogueiras (Peniche)
publicado por Carlos M Gonçalves às 08:38

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. CORRIDA DA ÁGUA

. MARATONA DO PORTO

. TRAIL DA REAL TAPADA

. CORRIDA DO MONTEPIO

. EDP Maratona de Lisboa

. Vodafone Meia Maratona de...

. Corrida ActivoBank/Clube ...

. CORRIDA FARMACÈUTICOS

. Corrida do Tejo – dez ano...

. CORRIDA DA LINHA

.arquivos

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds