Quarta-feira, 5 de Março de 2014

20 Km DE CASCAIS +1

Na sua caminhada final para as 100 corridas em conjunto os três fundadores das LEBRES E TARTARUGAS repetiram a sua participação (quinta para um e sexta para dois) nos 20 Km de Cascais. E contaram com o seu mais recente reforço Hugo para dar maior dimensão e juventude à equipa.

 

De ano para ano esta é uma das provas que regista um crescente número de participantes. É certo que o cenário em que se desenrola a corrida é bastante atraente. Mas as condições meteorológicas que nesta época do ano se fazem sentir – chuva, vento, frio – seriam por si sós um factor desmotivador e de afastamento dos atletas. Mas nem sempre o racional supera o emocional.

 

Bem cedo se nota a habitual romaria de atletas à vila de Cascais com a concentração na Baía em frente ao Hotel do mesmo nome e, mais precisamente, nas imediações do edifício da Câmara Municipal. Numa longa fila, que aumenta à medida que nos aproximamos perigosamente da hora de partida, aguardamos pacienta e ansiosamente pelo momento de recolha do nosso “kit” de participante. Nele iremos encontrar o “chip” e o dorsal personalizado que nos darão acesso directo à “competição”.

 

Verificamos então que a organização alterou o sentido da partida indiciando assim mudanças no traçado da corrida.

 

Às dez horas aguardamos pelo sinal de partida. Entretanto como ainda há bastantes atletas sem dorsal a organização opta por atrasar um pouco o início da corrida. A aglomeração de participantes é grande. E como os mais rápidos partem à frente levamos mais de um minuto desde o tiro de partida até cruzarmos as passadeiras de controlo dos tempos. Nos primeiros dois quilómetros temos a confusão habitual. Nada que estranhemos atendendo ao elevado número de participantes. O percurso ficou mais agradável em relação às edições anteriores. Após passarmos pelas imediações da Marina rumo à Boca do Inferno, entramos definitivamente na zona mais desprotegida tendo como parceiro natural o imenso Oceano Atlântico. Daí para a frente estamos por nossa conta. Já não temos de atropelar quem vai à nossa frente nem de nos sentirmos pressionados por quem nos precede. E reencontramos o nosso amigo vento forte e agreste que habitualmente nos faz companhia e nos dificulta a missão. Mais à frente ainda temos o prazer da visita de uma chuvinha aliciante para não nos esquecermos de que estamos no Inverno. É o habitual. Como cortámos no percurso urbano temos de ir mais além, até bem pertinho do Guincho. Até aqui tudo está bem. No ponto de viragem, um pouco mais à frente do quilómetro doze, encetamos o regresso a Cascais. Sentimos que ultrapassámos a fase mais difícil e que, com um pouco de sorte, o vento passará a ser nosso aliado soprando pelas nossas costas e empurrando-nos até à meta. As pernas não parecem pesar muito tal é o ânimo de que se nos apodera pois já nos falta menos do que percorremos. E, característica desta corrida, estamos continuamente a ser ultrapassados por atletas mais rápidos e a ultrapassar outros mais lentos. Uma coisa compensa a outra. Fixamos ao longe um grupo de companheiros que pretendemos alcançar ou, pelo menos, não deixar fugir. E vamos estabelecendo objectivos mínimos quer em termos de ritmo de corrida quer do tempo final.

 

Tudo parece sob controlo. Tudo não … Até ao décimo quinto quilómetro as marcas coincidiam a grosso modo com o que os nossos GPS iam medindo. Subitamente desapareceu o quilómetro dezasseis. Na realidade não se sumiu. Marcou presença exactamente mil metros mais à frente. Quando vemos a marca 16 Km vários são os comentários que se ouvem quanto ao exacto ponto em que nos encontramos. Ao quilómetro 17 desfazem-se as dúvidas. Tinham alongado a prova em mais um quilómetro. Teria sido intencional? Seria uma partida de Carnaval ou tão só um propósito deliberado, sem que o soubéssemos antecipadamente, de transformar os 20 Km de Cascais numa Meia-Maratona?

 

Já na parte final um elemento da organização tenta animar os atletas indicando que nos restavam uns escassos quinhentos metros. “Pois é mas alongaram a corrida”, ao que o simpático rapaz responde com um encolher de ombros acompanhado de um sorriso cúmplice. Com aquelo gesto vemos a assumpção do erro da parte da organização. Com o corte inicial no percurso urbano a organização viu-se na necessidade de alongar em mais um quilómetro o trajecto no sentido do Guincho. Só que fizeram mal as contas e em vez de acrescentarem 500 metros para lá e outros tantos para cá adicionaram logo um quilómetro. Estava encontrado o erro. À chegada os comentários entre os atletas giravam à volta deste assunto. Da organização nem uma palavra.

 

Só uma horas mais tarde, na procura dos tempos e classificações na página oficial da prova, verificamos que alteraram os cabeçalhos para Corrida 20 Km de Cascais +1.

 

A organização reconheceu os erros cometidos e, em resposta a um nosso “mail”, apresentou-nos as desculpas pelo sucedido e por terem podido prejudicar o nosso desempenho. Fica bem. Só por este gesto merecem o nosso perdão e a promessa de voltarmos no próximo ano.

 

Atletas que concluiram a prova: 2334

Vencedor: EMILIANO VIEIRA (RB Running): 1:09:07

 

HUGO FERREIRA  (Dorsal Nº557)

Classificação Geral: 535º - Classificação no Escalão V35: 90º

Tempo Oficial: 1:38:44/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:37:39

Tempo médio/Km: 4m:39s  <=> Velocidade média: 12,90Km/h (*)

 

FREDERICO SOUSA  (Dorsal Nº556)

Classificação Geral: 1957º - Classificação no Escalão V50: 206º

Tempo Oficial: 2:08:14/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 2:06:51

Tempo médio/Km: 6m:02s  <=> Velocidade média: 9,93Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA  (Dorsal Nº555)

Classificação Geral: 866º - Classificação no Escalão V50: 83º

Tempo Oficial: 1:45:20/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:44:16

Tempo médio/Km: 4m:58s  <=> Velocidade média: 12,08Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES (Dorsal Nº554)

Classificação Geral: 1429º - Classificação no Escalão V55: 85º

Tempo Oficial: 1:55:52/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:54:48

Tempo médio/Km: 5m:28s  <=> Velocidade média: 10,98Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário para o Mês de Março

  • 2 - 20 KM de Cascais
  • 9 - Corrida das Lezírias (V. F. Xira) - 15,5Km
  • 16 - Meia Maratona de Lisboa - 21,0975 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 17:46

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. CORRIDA DO TEJO

. CORRIDA DA LINHA MÉDIS

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. TRAIL DOS MOINHOS SALOIOS

. CORRIDA DAS FOGUEIRAS

. OEIRAS TRAIL

. PALMELA RUN

. Lx Trail Monsanto

. CORRIDA DE BELÉM

. MEIA MARATONA DE SETÚBAL

.arquivos

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds