Segunda-feira, 1 de Novembro de 2010

CORRIDA DO TEJO - 2010

Esta é uma daquelas provas em que a maioria das pessoas participa mais para estar presente e menos para competir. É impressionante a quantidade de atletas que, ano após ano, e já lá vão dez com a corrida deste ano, envereda todos os esforços para estar logo de manhã em Algés junto à Estação da CP. Aliás as incrições costumam esgotar-se num ápice. E  mais impressionante ainda é o facto de ao longo de todo o trajecto, mesmo até à meta, a marginal se encontrar bastante "engarrafada" de corredores e de passeantes. Sim porque uma parcela considerável dos inscritos revela a disposição, e porque não dizer a coragem, de cumprir os dez quilómetros desde Algés até à zona do Forte de São Julião da Barra  a andar. Se não podes correr então caminha. E é isto que torna a Corrida do Tejo tão popular. Em certa medida vem-nos também à memória a mítica "MARGINAL À NOITE".

 

E uma vez mais as Tartarugas também assinaram o "ponto". Foram duas e não as três habituais. Mas, como muito outros participantes, os nossos atletas dizem "sim" às corridas mais emblemáticas. Desta vez escolheram logo um bom local para a partida. O ano passado foi um desatino com os primeiros quilómetros, principalmente até à zona do Dafundo, a serem corridos em sobressalto com a única preocupação de não atropelarem nem serem abalroados por ninguém. Fruto da nossa estratégia seguida este ano estão as marcas conseguidas bem melhores que as de 2009.

 

Foi uma corrida sem qualquer história além do alegre convívio com perto de dez mil pessoas. E é isto que a maioria das pessoas procura neste tipo de eventos. É sem dúvida um bom escape para o desgaste psíquico de uma longa e, por vezes, extenuante semana de trabalho.

 

Pouco há também a dizer da organização da prova. Como costumamos referir em situações semelhantes foi "CINCO ESTRELAS". E o cenário também ajuda.

 

De salientar que após serem cumpridos os dez quilómetros oficiais da prova muitos foram aqueles que decidiram retornar a Algés novamente a correr. É certo que foi sem o fulgor do ritmo imprimido durante a corrida. Mas serviu também de treino suplementar e de "descanso activo". Na prática foi um treino muito agradável para provas de maior distância, principalmente já a pensar no próxima Corrida do Monge e na Meia Maratona da Nazaré.

 

Atletas que concluiram a prova: 9262

Vencedor: Rui Silva (Sporting Clube de Portugal) - Tempo Oficial: 0:29:12

 

CARLOS TEIXEIRA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação Geral: 3919º - Classificação no Escalão M50: Não disponível

Tempo Oficial: 0:56:11/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:54:16

Tempo médio/Km: 5m:26s  <=> Velocidade média:11,06 Km/h (*)

 MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA

 

CARLOS GONÇALVES

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação Geral:2608º - Classificação no Escalão M50: Não disponível

Tempo Oficial: 0:51:34/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:49:40

Tempo médio/Km: 4m:58s  <=> Velocidade média: 12,08Km/h (*)

 MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NESTA PROVA

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário previsto para o mês de Outubro  

 

  • 3 - Corrida de Sesimbra (10 Km)
  • 24 - Corrida do Tejo (10 Km)
  • 31 - Corrida do Monge (Sintra -11,5 Km)
publicado por Carlos M Gonçalves às 18:42

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.posts recentes

. CORRIDA DO TEJO

. CORRIDA DA LINHA MÉDIS

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. TRAIL DOS MOINHOS SALOIOS

. CORRIDA DAS FOGUEIRAS

. OEIRAS TRAIL

. PALMELA RUN

. Lx Trail Monsanto

. CORRIDA DE BELÉM

. MEIA MARATONA DE SETÚBAL

.arquivos

. Setembro 2019

. Julho 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Abril 2019

. Março 2019

. Fevereiro 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Novembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds