Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2017

SÃO SILVESTRE DE LISBOA

Fim do ano em beleza.

 

No último dia de Dezembro a equipa das LEBRES E TARTARUGAS arregimentou os seus atletas mais regulares para se despedir de 2016 e começar a preparar o novo ano que, pouco mais de doze horas mais tarde, chegaria a este “cantinho” mais ocidental da Europa.

 

Frederico Sousa, Carlos Teixeira, Carlos Gonçalves e Pedro Antunes marcaram, como habitualmente, encontro na Praça dos Restauradores, à esquina do terminal do Elevador da Glória.

 

A manhã apresentava-se ensolarada mas bastante fria. Os atletas tentavam abrigar-se do vento que soprava de todos os lados e que contrariava o calor dos raios solares que despontavam num céu sem qualquer nuvem.

 

Mas qual é a surpresa? Estamos em pleno Inverno. Ainda há poucos dias tínhamos entrado na Estação mais fria e ultrapassado o dia mais curto do ano. E antes o frio do que a chuva.

 

Um vendedor ambulante de castanhas assadas contribuía para o aquecimento momentâneo daqueles que esfregavam as mãos mesmo por cima das brasas que alimentavam o fogareiro.

 

Apesar de se terem registado menos de 25 por cento das inscrições comparativamente com o ano passado, isto a fazer fé em alguns comentários que “circulavam” pelas redondezas, mesmo assim a animação era grande. A cor dominante era o azul das camisolas oficiais e que combinava, na perfeição, com o amarelo das “golas” que protegiam o pescoço do frio um pouco agreste.

 

Dá-se a reunião da equipa ainda antes das dez da manhã. Tira-se a fotografia de grupo sob o olhar da nossa comitiva de apoio. O Afonsinho analisava de forma muito intrigada todo aquele rebuliço tentando apropriar-se da máquina fotográfica da sua Mãe. Ele queria ser o fotógrafo de serviço.

IMG_0304.jpeg

Aproximava-se a hora da partida. Os atletas discutiam o percurso da prova que em nada se alterava relativamente ao ano passado. A única diferença era de, pela primeira vez, a prova realizar-se de dia. A Magia da corrida à noite, sob as iluminações de Natal da zona nobre da cidade, perdeu-se em grande parte.

 

A partida seria dada no final da Avenida da Liberdade mesmo à entrada da Praça dos Restauradores.

 

Os atletas tinham de se dirigir ao compartimento respectivo em função do tempo expectável em que completariam a prova.

 

Às dez e meia deu-se a partida das Mulheres, reactivando-se a habitual e salutar “Guerra dos Sexos”. Cerca de dois minutos e meio mais tarde partiriam as “classes” mais rápidas: Elites, Sub 40 e Sub 50. Neste escalão tínhamos os dois Carlos que, fruto de uma menor aglomeração de atletas, e muito entusiasmados pelas facilidades encontradas, conseguiram imprimir desde logo um ritmo muito elevado, abaixo dos 4 minutos e meio por quilómetro. A factura desta “loucura" inicial veio a ser apresentada nos quilómetros finais. Mas já lá iremos.

 

Alguns minutos mais tarde entra em cena o Frederico que tinha sido “encaixotado” no grupo dos sub 60. Mais atrás ainda, e com mais uns bons minutos de atraso, partia o Pedro no compartimento dos +60.

 

A passagem dos Restauradores ao Rossio faz-se relativamente bem assim como toda a Rua do Ouro. Chegados ao Terreiro do Paço atacamos o acesso ao Cais do Sodré rumo ao ponto de viragem, algures na zona de Santos. Começamos a avistar os primeiros atletas, com o clã feminino à cabeça. Pressentia-se que este ano as Mulheres voltariam a dar cartas, embora sob a “ameaça”, muito perto, do clã Masculino.

 

O cansaço começa a dar sinais quando enfrentamos o empedrado do Rossio. Desgastante.

 

Faltam pouco mais de dois quilómetros para a meta. Na realidade estava ali mesmo à nossa esquerda . Mas ainda tínhamos pela frente a demolidora subida rumo ao Marquês de Pombal. E, à semelhança das últimas edições, havia uma competição dentro da própria São Silvestre de Lisboa para apurar quem seria o mais rápido no último quilómetro e que tinha como aliciante o facto de ser percorrido no sentido descendente da Avenida da Liberdade. Mas as forças já não eram muitas.

 

Num último esforço os atletas aceleram até à meta. Dever cumprido. O Frederico celebrava também a sua centésima corrida na distância de dez quilómetros. Terminou o ano em beleza e concluindo a sua corrida abaixo da hora.

 

Um pouco mais tarde, cansado mas igualmente feliz, cruza a meta o Pedro dando por terminada a sua participação na última corrida do ano.

 

Feito o reagrupamento temos de vencer a subida do Elevador da Glória. Ainda pensámos em apanhar este meio de transporte. Mas pagar três euros e sessenta para percorrer poucas centenas de metros era manifestamente demasiado caro. Assim, calmamente, pé ante pé, empreendemos a nossa subida ao mesmo tempo que cada um revelava os seus planos para a passagem do ano. Num ápice, e sem que déssemos conta, tínhamos chegado a S. Pedro de Alcântara.

 

Feitas as despedidas cada um dirige-se ao seu carro de apoio.

 

Agora é tempo de descanso e de celebração da despedida do ano “velho” e da entrada no novíssimo 2017.

 

De salientar que tanto o Frederico como o Carlos Teixeira mantêm-se como totalistas de todas as edições da Corrida São Silvestre de Lisboa. E já vamos na nona edição.

 

Espectáculo!

 

Atletas que concluiram a prova: 6306

Vencedor: HERMANO FERREIRA (Sport Lisboa e Benfica) - 0:30:10

 

CARLOS GONÇALVES (Dorsal Nº 2341)

Classificação Geral: 2021º - Classificação no Escalão V55: 96º - Classificação Chip: 1975º

Tempo Oficial: 0:50:37/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:49:55

Tempo médio/Km: 5m:00s  <=> Velocidade média: 12,02Km/h (*)

Tempo/Classificação no último quilómetro: 00:04:09/1823º

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 2342)

Classificação Geral: 1530º - Classificação no Escalão V55: 70º - Classificação Chip: 1472º

Tempo Oficial: 0:48:44/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:48:03

Tempo médio/Km: 4m:48s <=> Velocidade média: 12,49 Km/h(*)

Tempo/Classificação no último quilómetro: 00:04:12/1963º

 

FREDERICO SOUSA (Dorsal Nº 2343)

Classificação Geral: 3990º - Classificação no Escalão V50: 362º - Classificação Chip:4028º

Tempo Oficial: 0:59:23/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:58:47

Tempo médio/Km: 5m:53s <=> Velocidade média: 10,21 Km/h(*)

Tempo/Classificação no último quilómetro: 00:05:08/4384º

 

PEDRO ANTUNES (Dorsal Nº 2344)

Classificação Geral: 5327º - Classificação no Escalão Sénior: 836º - Classificação Chip: 5356º

Tempo Oficial: 1:08:32/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:07:43

Tempo médio/Km: 6m:46s <=> Velocidade média: 8,86 Km/h(*)

Tempo/Classificação no último quilómetro: 00:06:21/5835º

  

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do Mês de Dezembro

  • 4 - Meia Maratona dos Descobrimentos (Lisboa) - 21,0975 Km
  • 11 - Grande Prémio do Natal (Lisboa) - 10 Km
  • 31 - Corrida São Silvestre (Lisboa) - 10 Km

 

Calendário para o Mês de Janeiro

  • 15 - Corrida dos Adeptos e Simpatizantes (Lisboa) - 10 Km
  • 29 - Corrida do Fim da Europa (Sintra/Cabo da Roca) - 16,945 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:58

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. CORRIDA DOS MOINHOS DE PE...

. REGRESSO ÀS AREIAS

. PALMELA RUN

. CORRIDA DO SPORTING

. Corrida das Fogueiras – O...

. CORRIDA DO ORIENTE - Mant...

. CORRIDA DE SANTO ANTÓNIO

. CORRIDA DE BELÉM

. LISBON ECO MARATHON

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds