Segunda-feira, 8 de Junho de 2015

RUN FOR CALCUTA

100 Corridas.png

Esta corrida,organizada por um grupo de jovens missionários – Servus Mariae, tinha como objectivo principal angariar fundos para uma acção missionária a realizar em Agosto próximo em Calcutá. Se juntarmos a esta finalidade o apelo à prática desportiva tínhamos reunidas as condições para uma manhã de sábado bem passada no Parque Desportivo do Jamor, na Cruz Quebrada.

 

Atento a tudo o que é novidade o Frederico soube desta organização e endereçou o convite aos seus dois colegas fundadores das Lebres e Tartarugas bem como ao nosso mais recente membro Georg Waldshütz. Apesar de no dia seguinte se ir realizar a Corrida do Oriente as LEBRES E TARTARUGAS marcaram presença nesta acção de carácter humanitário encarando-a mais como um treino habitual de qualquer Sábado. Do programa de festas fazia parte uma "Caminhada Run" de cinco quilómetros, para os menos ousados, e uma "Mini-Maratona Run" na distância de dez mil metros.

 

Pouco passavam das nove e meia da manhã quando a equipa das LEBRES E TARTARUGAS, composta pela Catarina Santos, pelo Frederico, Carlos Gonçalves e Georg, chegava ao local das hostilidades. A animação no Parque Desportivo do Jamor era grande pois, em simultâneo, realizava-se um campeonato de futebol feminino com equipas provenientes de várias zonas de Portugal. Photo 06-06-15 09 51 45.jpgOs dorsais já tinham sido recolhidos de véspera pelo que apenas teríamos de encontrar o local onde estava instalada a organização e se iniciaria a prova. Esta corrida tinha como aliciante um confortável prémio para o primeiro classificado por sexo. Sobre os ombros da Catarina e do Georg repousava a responsabilidade e a esperança de termos um dos nossos atletas na Galeria dos Vencedores. Se este pormenor dava maior ânimo e motivação à nossa equipa por outro lado trouxe uma maior carga psicológica aos nossos dois atletas mais novos de tal modo que o nervosismo foi tomando contando deles. Uma coisa é correr por correr. Outra é correr para ganhar, ainda por cima quando o prémio destinado aos vencedores era já sabido à partida e com o agradável valor de 100 Euros.

 

A partida da Mini-Maratona Run estava programada para as dez horas. Mas, apesar de aparentemente estar tudo pronto, os minutos iam passando sem que algo fosse comunicado. Formavam-se grupos de conversa sem darem conta pelo tempo a passar. Nem parecia que nos aguardava uma caminhada ou uma corrida. O tempo estava bom, o ambiente era perfeito. Só mais perto das dez e vinte é que alguém da organização se dirige a todos os convivas dando as instruções sobre as duas actividades previstas. E antes do tiro de partida tivemos direito a uma sessão de aquecimento em grupo.WP_20150606_09_54_18_Pro.jpgCom quase meia hora de atraso é, finalmente, dada ordem para o começo da corrida. Em primeiro lugar são os atletas da prova de dez quilómetros que se lançam alegremente à procura da melhor prestação. Só depois partiriam os “Caminheiros”. Com um início de corrida logo a subir estabelecem-se as primeiras diferenças entre os corredores. Já perto da primeira passagem pela zona das Piscinas, e perante a ausência de qualquer sinalética ou de elementos da organização, alguns atletas perdem-se e tomam um caminho errado. Voltam para trás e retomam aquele que pensavam ser o percurso correcto. Depois de algumas voltas pela zona da canoagem, e com passagem pelo interior do Complexo de  Ténis do Estádio Nacional, partimos em direcção à antiga pista de Corrida de Cavalos. É nesta fase que o calor aperta e que os atletas mais se ressentem. Sem sombras um bafo de calor emanava do próprio terreno dificultando a acção dos atletas. Provavelmente apenas um, entre tantos, se deliciava com estas condições. Aceitam-se sugestões quanto ao nome do atleta que, contrariando o sentimento geral, estava como peixe dentro de água…

 

Regressando à “civilização”, voltamos a passar pela zona da meta e encetamos a segunda volta ao percurso. Uma vez mais verificam-se falhas na orientação do percurso com alguns atletas (não foi Frederico?) a fazerem, ainda que involuntariamente, um atalho.

 

Reunidos no final da corrida aguardamos ansiosamente pela entrega dos prémios. A Catarina tinha-se cotado como a melhor atleta feminina pelo que os companheiros da equipa das LEBRES E TARTARUGAS estavam todos inchados de orgulho.

WP_20150606_11_38_29_Pro.jpg

Classificações e tempos finais não foram divulgados. Falhas também houve principalmente na sinalização do percurso. No entanto é de enaltecer o trabalho e a entrega de todos os jovens que se empenharam para que este evento corresse bem. Estando perante uma equipa amadora só temos de agradecer terem-nos proporcionado uma manhã de Sábado bastante agradável e inolvidável. Pior é quando participamos em provas que, sendo organizadas por entidades ditas profissionais e experientes, apresentam falhas, essas sim imperdoáveis.

E nem tudo correu mal. Os abastecimentos de água, tão úteis numa manhã bastante quente, primaram pela quantidade e qualidade. Podemos queixarmo-nos do calor e da aridez do percurso. Mas água houve em abundância.

 

Depois da entrega dos prémios e da realização de alguns sorteios regressamos ao local da partida. O Frederico, o Carlos e o Georg tinham de recuperar as energias gastas já que menos de vinte e quatro depois iriam ter pela frente um novo compromisso bem mais exigente. Aguardava-nos a Corrida do Oriente.

Photo 06-06-15 11 47 14.jpg

Já em casa a Catarina recupera das emoções e celebra a sua vitória.

Photo 06-06-15 12 12 27.jpg

 Foi mais uma nova corrida num novo local.

 

Calendário do Mês de Junho

  • 6 - Run for Calcutá (Lisboa/Cruz Quebrada) - 10 Km
  • 7 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
  • 10 - Extreme Trail Cucos (Torres Vedras) - Trail Longo: 30 Km
  • 10 - Extreme Trail Cucos (Torres Vedras) - Trail Curto: 15 Km
  • 20 - Lisbon Eco Marathon (Lisboa/Monsanto) - 42,195 Km
  • 27 - Corrida das Fogueiras (Peniche) - 15 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 20:24

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MEIA MARATONA DOS DESCOBR...

. GRANDE PRÉMIO DE ATLETISM...

. CORRE JAMOR - Uma corrida...

. CORRIDA DAS CASTANHAS

. MARATONA DO PORTO

. 20 KMS DE ALMEIRIM

. CORRIDA DO MONTEPIO

. MARATONA DE LISBOA

. CORRIDA SAMS QUADROS

. CORRIDA DO TEJO

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds