Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2016

GRANDE PRÉMIO DE ATLETISMO DE ALGUEIRÃO/MEM MARTINS

As LEBRES E TARTARUGAS iniciaram o ano de 2016 em franca actividade. Só no primeiro fim-de-semana deste ano é que nenhum dos nossos atletas esteve em competição. Daí para cá um, dois, ou mesmo três dos nossos fundadores, têm honrado a camisola que muito orgulhosamente vestem levando o nome da nossa equipa às mais variadas provas. E, contrariando a tendência do ano passado, a equipa apresentou-se em Mem Martins na sua máxima força. Aliás parece que estes três amigos querem mesmo atingir rapidamente o número mágico das duzentas corridas em equipa. Depois de longos meses em que o mais difícil foi mesmo reunir os três fundadores das LEBRES E TARTARUGAS numa mesma corrida, terminámos 2015 em grande com a participação de seguida nas três provas habituais do fecho do ano.

 

Do nosso calendário de provas para o primeiro trimestre de 2016 não constava a participação nesta corrida. Mas, como é sempre melhor correr acompanhado do que treinar sozinho, acabámos por, contra ventos e marés, nos inscrevermos pela terceira vez numa prova que desafiámos um pouco por acaso em 2012. Nessa altura era apenas o Grande Prémio de Mem Martins, uma corrida que parecia não ter grandes motivos de interesse. E às vezes a surpresa vem de onde menos se espera. E foi assim que em 2015 o Frederico e o Carlos Gonçalves voltaram a este local na companhia do Pedro Antunes, um Tartaruga não fundador mas já com o estatuto de nosso membro. Como consequência da união de algumas freguesias a prova foi rebaptizada de Grande Prémio de Aletismo de Algueirão/Mem Martins. Mas todos os ingredientes se mantiveram intactos.

 

Mais do que uma simples corrida de dez quilómetros, na qual imprimimos um ritmo bastante superior ao habitual nos nossos treinos, o traçado do percurso continua a ter os condimentos essenciais para quem pretende um treino um pouco mais exigente. Apenas o início e o fim é que são predominantemente planos. Logo à entrada do quilómetro dois temos pela frente uma subida bem desgastante e que voltaremos a repetir um pouco mais à frente. Toda a corrida é um pouco em zigue-zague ascendente e descendente. É o tipo de percurso ideal para quem pretende fazer um treino intervalado, mais conhecido por “fartlek”, com constantes alterações do ritmo cardíaco.

 

Com partida e chegada em frente às instalações dos Bombeiros Voluntários a logística ficou mais fácil. E como estacionar o carro não é um grande problema então os atletas apenas se têm de preocupar em chegar a horas para o levantamento dos dorsais e calmamente se equiparem e aquecerem os músculos e as articulações para a corrida. Tudo sem “stress”.

 

No caso das LEBRES E TARTARUGAS o Frederico tratou de, alguns dias antes, ir directamente às instalações da Xistarca levantar os nossos dorsais. Foi menos uma “dôr de cabeça” para o dia da prova. Assim a hora do encontro da equipa, como habitualmente à porta da casa do Frederico, ficou para um pouco mais tarde do que o habitual. Do Bairro do Restelo até Mem Martins são pouco mais de quinze minutos, isto se não nos perdêssemos. Mas tínhamos de evitar uma gigantesca operação de "Auto Stop” que a Polícia tinha montado em frente ao Bairro de Caselas, e logo no sentido Lisboa Sintra. Se não encontrássemos um percurso alternativo iríamos perder algum tempo com todas as formalidades da Polícia. No mínimo seriam uns quinze a vinte minutos e se não decidissem implicar com alguma coisa que eles sempre descobrem para complicar a vida do maior dos inocentes. Às voltas pelo Restelo e pela Serra do Monsanto conseguimos chegar sãos e salvos até Pina Manique. Apanhando o IC 19 rapidamente chegamos ao local da partida da prova. Encontrar lugar para estacionar o nosso carro não foi muito difícil. Ainda tivemos tempo para um curto aquecimento.

 

Às dez horas toca a sirene dos Bombeiros dando início à Corrida principal. Os atletas lançam-se à estrada. Os repetentes conhecem o percurso e preparam-se mentalmente para o que os espera.

 

Depois de ultrapassados todas as dificuldades, e perto da marca dos oito quilómetros, encontramos os participantes da Caminhada. Em ambiente de festa cumprimos a parte final da prova. Passando por baixo da linha do caminho-de-ferro deixamos para trás o último troço em subida. Começa a aceleração até à meta. Nos derradeiros metros tentamos queimar alguns preciosos segundos ao nosso tempo de corrida. E, se possível, ultrapassar algum atleta mesmo em cima da meta.

 

O Sol resplandecente ameniza o frio que se fazia sentir. Já no repouso final, e enquanto esperamos uns pelos outros, dedicamos algum tempo aos necessários e aconselháveis alongamentos.

 

Foi a centésima vigésima quinta prova em conjuntos das LEBRES E TARTARUGAS. Não paramos e no próximo Domingo regressaremos a Torres Vedras para participar na Rota da Fonte da Pipa.

 

Atletas que concluiram a prova: 408

Vencedor: ANDRALINO FURTADO (Sporting CP) - 0:32:50

 

FREDERICO SOUSA (Dorsal Nº 298)

Classificação Geral: 343º - Classificação no Escalão M5054: 40º

Tempo Oficial: 1:00:24/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:00:06

Tempo médio/Km: 6m:01s  <=> Velocidade média: 9,98Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA (Dorsal Nº 299)

Classificação Geral: 133º -  Classificação no Escalão M5559: 10º

Tempo Oficial: 0:47:51/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:47:34

Tempo médio/Km: 4m:45s  <=> Velocidade média: 12,61Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES (Dorsal Nº 300)

Classificação Geral: 202º - Classificação no Escalão M5559: 16º

Tempo Oficial: 0:51:12/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:54

Tempo médio/Km: 5m:05s  <=> Velocidade média: 11,79Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

Calendário para o Mês de Fevereiro

  • 7 - Trail de Bucelas (Bucelas) - 21 Km
  • 7 - 20 Kms de Cascais (Cascais) - 20 Km
  • 14 - Corrida da Árvore (Lisboa/Monsanto) - 10 Km
  • 21 - GP Algueirão/Mem Martins - 10 Km
  • 28 - Rota da Fonte da Pipa (Torres Vedras) - 12 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:55

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. CORRIDA DO TEJO

. CORRIDA DA LINHA

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. CORRIDA DOS MOINHOS DE PE...

. REGRESSO ÀS AREIAS

. PALMELA RUN

. CORRIDA DO SPORTING

. Corrida das Fogueiras – O...

. CORRIDA DO ORIENTE - Mant...

. CORRIDA DE SANTO ANTÓNIO

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds