Quinta-feira, 5 de Junho de 2014

CORRIDA DO ORIENTE

E vão meia dúzia de canecas, tantas as participações das LEBRES E TARTARUGAS na Corrida do Oriente.

 

Apesar da ausência do Frederico, devido a compromissos familiares de natureza completamente inadiável, apresentámo-nos com dois reforços que vieram trazer alguma juventude à nossa equipa. Não sendo estreantes absolutos com a “camisola” das LEBRES E TARTARUGAS, e com o peso que daí advém, o Pedro apresentou-se pela primeira vez a fazer uma corrida com os atletas mais velhos. Anteriormente Já nos tinha feito companhia em passeios pedestres em ambiente de montanha, nomeadamente nos Saudosos Trilhos do Almourol. Também já tinha participado em corridas com amigos. Agora juntou-se à “secção de corrida” da nossa equipa. O Gonçalo Gonçalves já tinha estado presente em duas edições da Corrida das Fogueiras. E promete …

 

Atendendo ao facto de se realizar numa zona nova da cidade, com o espírito da EXPO 98 ainda a pairar no ar, a Corrida do Oriente atrai habitualmente inúmeros participantes.

 

E muitas LEBRES …

 

De ano para ano a Organização esforça-se por quebrar os recordes das edições anteriores. E, na hora de alinhar as tropas para o início das “hostilidades”, o “speaker” de serviço adiantou mesmo que esperavam mais de dois mil atletas na corrida principal. Não sabemos se iniciaram a prova todos os inscritos. Normalmente nem sempre quem se inscreve comparece à partida. O certo é que terminaram este ano menos atletas do que em 2013. Mesmo assim cruzaram a meta mais de mil quinhentos corredores, número que tomara muitas corridas poderem ostentar orgulhosamente tal marca.

 

Corrida que não muda tem morte certa. Temos referido este princípio variadas vezes. E, na edição de 2014, a organização introduziu algumas novidades. A partida e a chegada, apesar de distarem algumas dezenas de metros, estavam estrategicamente colocadas junto à nova, e recentemente concluída, Igreja da Nossa Senhora dos Navegantes.

 

O percurso desenvolvia-se segundo as principais artérias do Parque das Nações. Como habitualmente muito público fazia questão de animar os atletas.

 

Concentrando-se junto à manga da partida os atletas das LEBRES E TARTARUGAS afinavam as suas estratégias. Alguns, como o Gonçalo, até faziam algum “bluff” já que afirmava insistentemente ao Carlos Teixeira que aguardaria pelos restantes companheiros no final. O Pedro, bem mais comedido, tinha como principal preocupação não deixar uma má imagem da equipa. Só dá má imagem quem não aceita estes desafios. Quem não quer correr riscos fica em casa. E o Pedro não ficou em casa.

Cada um no seu ritmo, todos os TARTARUGAS lançaram-se ao assalto dos dez quilómetros. E todos terminaram a prova em bom andamento. Uns mais cansados do que outros.

 

Mas, à chegada, e após o reencontro dos “guerreiros”, a satisfação era enorme. Só é pena que desta vez não tenha havido classificação por equipas.

 

Estando perante dois atletas mais experientes, temos de dar o devido destaque ao Gonçalo que terminou a corrida com um impressionante tempo de 52 minutos e 35 segundos, bem perto dos companheiros mais calejados e mais batidos nestas andanças. Ficou a pouco mais de quatro minutos dos seus dois colegas mais velhos.

  

O Pedro, apesar de um pouco mais lento, mesmo assim ficou numa marca ao nível do nosso ausente Frederico. Os receios de comprometer a imagem da equipa caiu por terra.

  

Todos estão de Parabéns.

 

Numa corrida com elevada participação há sempre um ou outro episódio que ficam para a nossa memória. O locutor de serviço não se cansava de enaltecer o esforço de todos aqueles que iam concluindo a prova. Numa tentativa de recolher alguns depoimentos de última hora foi confrontado com algumas interferências na aparelhagem de som. Para se libertar da responsabilidade destas anomalias afirmava, de forma convicta e persistente, que as interferências eram, muito provavelmente, provocadas por alguma “portadora” de uma qualquer emissão de rádio ali presente. Sentia-se assim ilibado quanto à responsabilidade de todos os problemas sonoros bem visíveis, ou melhor, audíveis, por todos os presentes na zona da meta.

 

O apetite dos novos  participantes ficou mais aguçado. O Gonçalo até já pensou em inscrever-se na Lisbon Eco Marathon. De certeza que muito em breve voltará à nossa companhia. E do Pedro também esperamos o mesmo. Talvez até o desafiemos para uma primeira corrida de montanha.

 

E fica a foto final da equipa ostentando orgulhosamente os "troféus conquistados".

Atletas que concluiram a prova: 1537

Vencedor: HERMANO FERREIRA (Sporting CP): 0:30:56

 

GONÇALO GONÇALVES (Dorsal Nº1422)

Classificação Geral: 757º - Classificação no Escalão M0034: 133º

Tempo Oficial: 0:53:01/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:52:35

Tempo médio/Km: 5m:16s  <=> Velocidade média: 11,41Km/h (*)

 

PEDRO ANTUNES (Dorsal Nº971)

Classificação Geral: 1370º - Classificação no Escalão M0034: 233º

Tempo Oficial: 1:07:38/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:07:12

Tempo médio/Km: 6m:43s  <=> Velocidade média: 8,93Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA  (Dorsal Nº965)

Classificação Geral: 449º - Classificação no Escalão M5054: 43º

Tempo Oficial: 0:48:29/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:48:00

Tempo médio/Km: 4m:48s  <=> Velocidade média: 12,50Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES (Dorsal Nº966)

Classificação Geral: 505º - Classificação no Escalão M5559: 36º

Tempo Oficial: 0:49:23/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:48:56

Tempo médio/Km: 4m:54s  <=> Velocidade média: 12,26Km/h (*)

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário para o Mês de Junho 

  • 1 - Corrida do Oriente (Lisboa) - 10 Km
  • 7 - Bes Run Challenge (Lisboa) - 10 Km
  • 21 - Lisbon Eco Marathon (Lisboa/Monsanto) - 42,195 Km
  • 28 - Corrida das Fogueiras (Peniche) - 15 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 22:20

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. CORRIDA DOS MOINHOS DE PE...

. REGRESSO ÀS AREIAS

. PALMELA RUN

. CORRIDA DO SPORTING

. Corrida das Fogueiras – O...

. CORRIDA DO ORIENTE - Mant...

. CORRIDA DE SANTO ANTÓNIO

. CORRIDA DE BELÉM

. LISBON ECO MARATHON

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds