Sábado, 12 de Setembro de 2015

CORRIDA DA FESTA DO AVANTE

100 Corridas.png

“AVANTE CAMARADA, AVANTE. JUNTA A TUA À NOSSA VOZ …”

 

Não só juntou a voz mas também as suas pernas. Foi com este espírito que o único representante das LEBRES E TARTARUGAS participou neste primeiro Domingo de Setembro na Corrida da Festa do Avante. Enquanto os seus colegas participaram na Corrida do Jumbo, que se realizou na véspera no Autódromo do Estoril, o Carlos Gonçalves optou por colocar o seu esforço ao serviço de uma prova incluída no conjunto de iniciativas promovidas pelo órgão oficial do Partido Comunista Português.

 

Inicialmente este atleta não tinha nos seus planos a participação em qualquer prova, pelo menos de estrada, neste mesmo fim-de-semana. Por um acaso deu de caras com a divulgação da Corrida da Festa do Avante e que continha, no seu entendimento, três ingredientes importantes

 

  • Ser uma prova nova no Currículo das LEBRES E TARTARUGAS
  • Realizar-se perto de casa
  • E, muito importante, ser À BORLA

 

Se recuarmos quarenta anos talvez não fosse muito normal que alguém que não fosse simpatizante do Partido Comunista viesse a contribuir para o êxito desta iniciativa desportiva. Passados estes anos todos chegamos à conclusão que realmente já temos, senão todos pelo menos a maioria, um verdadeiro espírito democrático e que nos leva a que, ainda que episodicamente, nos coloquemos ao lado do “inimigo” quando defendemos a mesma causa. E neste caso a nossa causa é a prática desportiva não competitiva e de puro lazer. São os “Sinais dos Tempos”. E ainda bem que assim acontece.

 

Logo de manhã cedo a Cidade de Amora acordava com um movimento não muito habitual para um pacato Domingo de Setembro. É certo que neste fim-de-semana realizava-se a Festa do Avante. Mas a Corrida com o mesmo nome contribuiu decisivamente para todo aquele frenesim. O “speaker” de serviço, estacionado junto à zona da partida, esgotava-se em informações úteis aos atletas e não se cansando de repetir que já se tinha ultrapassado o número de inscrições do ano anterior. Apesar das mesmas já estarem oficialmente encerradas a organização decidiu aceitar inscrições em cima do acontecimento não só para proporcionar a participação a mais atletas mas também (digo eu) para provar a grande capacidade de mobilização bem própria do Partido Comunista Português. Com esta confusão de última hora a organização pôs um pouco de lado o rigor a que o PCP nos habituou atrasando a partida da prova principal em cerca de um quarto de hora. Mas também não tínhamos qualquer tipo de pressa. O almoço ainda não estava à nossa espera. E também não tínhamos de ir apanhar o combóio, expressão tão popular que aplicamos a todos aqueles que surgem à nossa frente muito nervosos e apressados.

 

A manhã apresentava-se nas condições próximas das ideais para uma corrida de estrada. “Sol firme e Céu Azul”. E temperatura a condizer. A distância prevista era um pouco ortodoxa, bem à imagem do PCP, com uma distância anunciada de aproximadamente cerca de 10,4 quilómetros, que na realidade foram teve mais duzentos metros de "bónus".

 

A partida deu-se bem perto do Coreto de Amora. O percurso todo ele desenvolver-se-ia ao longo da bela Baía do Seixal e tendo Lisboa como cenário de fundo. Numa rotunda mais além, nas imediações da antiga estação ferroviária, e bem pertinho do Centro de Estágios do Sport Lisboa e Benfica, damos a volta e retomamos ao ponto de partida. Só que a corrida não terminaria aí mas um pouco mais à frente, já dentro do recinto da Festa do Avante. Havia que despertar a curiosidade e o interesse de todos os atletas e caminheiros para a FESTA. E todos aqueles que concluíssem a Corrida receberiam um diploma que, depois de preenchido com os seus dados, lhes franquiaria mais tarde a entrada na Festa do Avante sem ter de pagar bilhete. Nada foi feito ao acaso.

 

Sendo o percurso praticamente todo plano provou-ser uma vez mais que em corridas com este perfil não há lugar para momentos de descanso. É sempre a puxar. Mas também é bom para se conseguirem bons tempos. O maior problema das provas de estrada está exactamente no grande espírito de competição com que muitos atletas se apresentam à partida. Sofrem-se alguns empurrões do tipo “chega para lá” na ânsia de conseguirem um bom lugar na grelha de partida. Mas é mesmo assim.

 

Foi uma corrida interessante para eventualmente repetir e para aproveitar para fazer uma visita, não concretizada este ano, à Gloriosa FESTA DO AVANTE.

 

“E O SOL BRILHARÁ PARA TODOS NÓS”. 

 

Atletas que concluiram a prova: 1596

Vencedor: NÉLSON CRUZ (Clube Pedro Pessoa) - 0:32:53

 

CARLOS GONÇALVES (Dorsal Nº1249)

Classificação Geral: 581º - Classificação no Escalão Veteranos V: 59º

Tempo Oficial: 0:50:12/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:50:10

Tempo médio/Km: 4m:55s <=> Velocidade média: 12,20 Km/h(*)

 

Corridas do Mês de Setembro

  • 5 - Corrida Jumbo (Estoril) - 10 Km
  • 6 - Corrida do Avante (Amora/Seixal) - 10,2 Km
  • 13 - Corrida do Tejo (Lisboa/Oeiras) - 10 Km
  • 20 - Corrida Médis (Carcavelos/Cascais) - 10 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 19:00

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. CORRIDA DOS MOINHOS DE PE...

. REGRESSO ÀS AREIAS

. PALMELA RUN

. CORRIDA DO SPORTING

. Corrida das Fogueiras – O...

. CORRIDA DO ORIENTE - Mant...

. CORRIDA DE SANTO ANTÓNIO

. CORRIDA DE BELÉM

. LISBON ECO MARATHON

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds