Domingo, 16 de Abril de 2017

CORK TRAIL

“E depois da tempestade veio a Bonança”.

 

Uma semana após o pequeno tormento dos Trilhos do Almourol o “trailista solitário” regressa ao seu meio ambiente de preferência repetindo uma prova da qual guardou boas memórias da edição de 2016. Com um grau de dificuldade médio, e uma distância bastante apelativa (apenas 23 quilómetros), o Cork Trail é uma prova de trilhos boa seja para uma estreia nesta modalidade ou para, simplesmente, “rolar” sem grandes preocupações e completamente imersos em ambiente de natureza. Sem ter conseguido que algum dos seus outros dois colegas fundadores das LEBRES E TARTARUGAS o acompanhasse nesta aventura, nem por isso rumou completamente sozinho a Vila Nova da Erra, tendo levado como companhia a nossa treinadora Ana Luísa que se inscreveu na Caminhada.

IMG_0533.JPG

O Cork Trail é um evento para toda a família e para todos os gostos. Os mais experimentados têm à sua disposição o chamado Trail Longo com uma simpática distância de 23 quilómetros e um grau de dificuldade médio. Os menos “batidos” podem optar peloTrail Curto com 13 quilómetros, e os restantes, que não querem ou não podem correr, não ficam de “mãos a abanar” a assistir meramente como espectadores, tendo à sua espera uma Caminhada com sete mil metros de distância. O início e o fim de todos os percursos são coincidentes, sendo que a divisão se faz lá mais para a frente. E também foi prevista uma corrida para crianças denominada de “Trail Kids.

 

De manhã bem cedo já os habitantes desta simpática localidade do Concelho de Coruche eram acordados pela invasão dos inúmeros atletas que se dispunham a uma manhã de domingo bem passada. E o tempo estava bastante bom para qualquer actividade ao ar livre. Ultimavam-se os preparativos para que nada falhasse e começasse à hora marcada. Presenciávamos também o frenesim habitual com os atletas a cruzarem-se em sentido contrário. Uns ainda procuravam pelo levantamento dos dorsais. Os mais despachados já regressavam às suas viaturas para completarem os últimos preparativos ou para uma visita à casa de banho.

 

Os concorrentes ao Trail Longo eram os primeiros a partir. O briefing habitual transmite a todos um conjunto de informações úteis, seja sobre a natureza do percurso ou seja pela respectiva sinalização. Um alerta especial para as últimas descidas, mais técnicas e com um grau de dificuldade acrescido. Devido à ausência de chuva nos últimos dias iríamos encontrar um piso bastante mais duro e seco e com uma aderência bastante reduzida. Todo o cuidado seria pouco para se evitar alguma queda com consequências mais desagradáveis. Por último a organização prestou uma merecida homenagem àquela simpática atleta veterana que recentemente nos deixou e que era uma totalista de todas as edições do Cork Trail. Estamos a falar da ANALICE SILVA, que tem sido justamente homenageada nos últimos meses e em diversas provas, sejam elas de estrada ou de “Trails”. E a organização decidiu exibir o dorsal com o número 100 em fundo rosa que nunca mais será atribuído e tendo como “proprietária” vitalícia aquela tão especial corredora.

 

E eis que finalmente é dado o sinal de partida. Os mais rápidos e aspirantes a uma boa classificação voam e desaparecem da nossa vista logo na primeira subida. Ficam para trás todos aqueles que, apesarem darem o seu máximo, procuram essencialmente momentos de diversão e de fruição deste contacto estreito com um ambiente muito distante da poluição dos meios urbanos.

 

Toda a prova do Trail Longo desenrola-se num autêntico carrossel de sobe e desce constante. Não encontramos subidas muito longas que normalmente marcam distâncias. Mas as descidas eram de tal modo exigentes que em muitos casos, e para os mais rápidos e dotados de maior técnica, as diferenças anulam-se num ápice.

 

Para os repetentes do ano passado as novidades foram muitas. Só de vez em quando é que encontrámos locais já nossos conhecidos. Foi mais uma prova com todos os condimentos necessários para se repetir. Ficou na cabeça dos repetentes que a edição deste ano foi mais exigente, o que não significa que tenha sido pior. Antes pelo contrário.

 

De regresso a Vila Nova da Erra faltam pouco mais de trezentos metros. Olhando para trás o Carlos Gonçalves sente-se “ameaçado” por uma atleta que se aproxima rapidamente dele. Acelera o passo para aumentar a distância. Na última curva antes da meta encontra a sua cara-metade, aliás a Treinadora, incitando-o para um último esforço. O fim está ali à vista, no final de uma curta subida. O nosso atleta foi buscar algumas reservas para terminar em beleza mais uma edição do Cork Trail. As expectativas mantêm-se em alta pelo que será uma prova a repetir em 2018.

IMG_0534.JPG

Depois de um retemperador banho de água fria Atleta e Caminheira procuram o local do almoço. Pelo caminho vão apreciando as inúmeras casas, algumas delas provavelmente que estão habitadas apenas ao fim de semana. Muito bem cuidadas e na maioria com muitas flores. De destacar uma cerejeira carregada de flores brancas que mais parecia uma típica amendoeira algarvia. E muitas orquídeas, sinal de que esta flôr se dá bem com este clima.

 

Com o sentimento do dever cumprido a nossa equipa regressa a casa. A Treinadora conduz enquanto o Trailista aproveita para descansar os olhos mal deixam Coruche para trás. Pelo o caminho ainda fala com o outro Tartaruga que, com a companhia do seu filho André, participaram na Corrida do Benfica.

 

Atletas que concluiram a prova: 192

Vencedor: LUÍS SEMEDO (AC Portalegre/UTSM): 1:49:52

 

CARLOS GONÇALVES  (Dorsal Nº167)

 

Classificação Geral: 152º - Classificação no Escalão M60: 4º

Tempo Oficial: 3:31:40/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): ND

 

Tempo médio/Km: 9m:12s  <=> Velocidade média: 6,52Km/h (*)

  

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Calendário do Mês de Abril

  • 2 - Corrida dos Sinos (Mafra) - 15 Km
  • 2 - Trilhos do Almourol (Almourol/Entroncamento)
    • Maratona Trail - 42 Km
    • Trail - 26 Km
  • 9 - Cork Trail (Coruche) - 23 Km
  • 9 - Corrida do Benfica (Lisboa) - 10 Km
  • 23 - Estafeta Cascais /Lisboa - 20 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 18:19

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. CORRIDA DAS CASTANHAS

. MARATONA DO PORTO

. 20 KMS DE ALMEIRIM

. CORRIDA DO MONTEPIO

. MARATONA DE LISBOA

. CORRIDA SAMS QUADROS

. CORRIDA DO TEJO

. CORRIDA DA LINHA

. MEIA MARATONA DE S. JOÃO ...

. CORRIDA DOS MOINHOS DE PE...

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds