Terça-feira, 26 de Abril de 2011

72ª ESTAFETA CASCAIS LISBOA

Sendo a mais antiga prova de prova de estrada em Portugal as TARTARUGAS não podiam deixar de dizer "sim, aqui estamos nós". É certo quer não participámos na estafeta mas sim na prova em linha. Mas também só éramos três e não chegávamos para formar um equipa. Ainda aliciámos alguns "júniores" mas, por um motivo por outro, gorou-se a inscrição de uma equipa das LEBRES E TARTARUGAS na Estafeta propriamente dita. Fica, talvez, para o próximo ano.

 

Logo de manhã cedo os "três mosqueteiros" encontraram-se junto à Estação Fluvial de Belém. Era necessário deixar um carro próximo do local da meta para assegurar o tranporte no final da corrida para o Estoril.

 

No trajecto de Belém até ao Casino do Estoril aproveitámos para fazer um reconhecimento do percurso e concluir, para mal dos nossos pecados, que o mesmo não era efectivamente nada fácil. A primeira ideia que temos da Marginal é a de que se trata de uma estrada plana. Mas fica-se só pela aparência. São várias as subidas que iremos enfrentar sendo de destacar a que se inicia na curva do Mónaco até ao Alto da Boa Viagem. É também certo que partindo e chegando ao nível do mar as subidas são equilibradas com descidas. Mas dessas não nos lembramos pois não "custam" a vencer. A partir daquele ponto terminam, em princípio, as dificuldades. A descida até ao Dafundo e os três últimos quilómetros que se seguem sempre em plano até à meta parecerão demasiado fáceis. Mas como já temos alertado várias vezes "nem sempre o que parece é".

 

A partida da Estafeta e da Corrida em linha é feita em simultâneo. Com uma primeira volta na zona do Casino do Estoril  os corredores começam desde logo a organizarem-se. Procura-se o ritmo mais adequado em função da distância e estabelecem-se as referências em termos de atletas com andamentos semelhantes. E como se tem revelado preciosa a escolha das nossas "lebres" para a obtenção do ritmo pretendido.

 

Quando largámos a zona de S. João do Estoril surge o nosso maior obstáculo. O vento forte, e em sentido contrário ao da corrida, certamente que iria penalizar, e muito, o tempo final. Não fosse este "adversário" e muito certamente que conseguiríamos um andamento muito próximo de uma corrida de dez quilómetros.

 

A passagem pelos pontos de controlo e de transmissão do testemunho decorreu sem sobressaltos. A organização esteve à altura. Após o quilómetro quinze, última transmissão da prova de Estafeta, é tempo de exigir o último e derradeiro esforço a todos os participantes. Apesar de teoricamente fácil este último troço é verdadeiramente "demolidor": longas rectas e sem qualquer sombra. É a repetição dos últimos quilómetros da Meia Maratona da EDP. Ainda tentámos controlar o ritmo em cada marca quilométrica mas das duas uma: ou não vemos a indicação das distâncias ou nem sempre estão correctas. Há quilómetros mais curtos e outros mais longos.

 

Terminámos. É tempo de descansar e de recuperar.

 

Como nota digna de registo temos o caso único dos tempos oficiais serem inferiores aos controlados infividualmente por cada corredor. A diferença foi sensivelmente de um minuto para menos.

 

Segue-se o fim de semana da Páscoa no qual as TARTARUGAS não participarão em alguma prova oficial. No entanto não podemos descurar a nossa preparação. Vamos ter seis fins de semana seguidos sempre a correr em provas oficiais ocupando assim todo o mês de Maio e entrando por Junho. Por isso concerteza que vamos  encontrar estes atletas a correr algures por este País.

 

Atletas que concluiram a prova: 409

Vencedor: Artur Santiago (CC Linda-a-Velha) - Tempo Oficial: 1:08:48

 

FREDERICO SOUSA

Classificação Geral: 360º - Classificação no Escalão M45:  51º

Tempo Oficial: 1:59:12/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 2:00:12

Tempo médio/Km: 6m:01s  <=> Velocidade média:9,98Km/h (*)

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 358º - Classificação no Escalão M50: 65º

Tempo Oficial: 1:58:56/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:59:57

Tempo médio/Km: 6m:00s  <=> Velocidade média:10,00 Km/h (*)

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral: 179º - Classificação no Escalão M50: 30º

Tempo Oficial: 1:42:30/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:43:24

Tempo médio/Km: 5m:10s  <=> Velocidade média: 11,61Km/h (*)

 

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do mês de Abril

  • 3 - Corrida dos Sinos (Mafra) - 15 Km
  • 17 - Estafeta Cascais/Lisboa (20 Km)

Calendário para o mês de Maio

  • 1 - Corrida do 1º de Maio (Lisboa) - 15 Km
  • 8 - Meia Maratona da Costa Azul (Setúbal) - 21,0975 Km
  • 15 - Corrida de Vendas Novas - 10 Km
  • 22 - Meia Maratona dos  Palácios (Sintra/Queluz) - 21,0975 Km
  • 29 - Entre Serra e Mar (Guincho) - 12,16 Km
publicado por Carlos M Gonçalves às 00:46

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Abril de 2011

29ª CORRIDA DOS SINOS - Mafra

E vão seis ... corridas ... de seguida.

 

Começámos no dia 27 de Fevereiro com a Corrida da Árvore disputada na Serra do Monsanto e nunca mais parámos. Pelo meio participámos nos 20 KM de Cascais e na Meia Maratona de Lisboa e ainda fizémos duas incursões pela Lezíria Ribatejana (Corrida das Lezírias e 12 KM de Salvaterra de Magos).

 

Agora vamos ter uma semana de descanso, ou de preparação mais cuidada, antes de umas merecidas férias da Páscoa. A menos que ainda "inventemos" mais alguma corrida pelo meio.

 

A Corrida dos Sinos é um daqueles eventos que as TARTARUGAS não querem decididamente perder. Fruto de uma confusão de datas ainda pensámos em participar nos Trilhos de Almourol para os quais também estávamos inscritos. Ums dos atletas ainda ponderou rumar ao Entroncamento para cumprir 21 KM "off the road". Mas como o erro tinha sido seu, e espicaçado pelo colega para voltar a Mafra, na ânsia de bater o tempo do ano passado, lá se decidiu por ir até ao Oeste. Os Trilhos do Almourol ficaram para uma próxima edição.

 

Não sendo uma corrida fácil, longe disso, estimula-nos ainda mais na esperança de, ano após ano, podermos bater os nossos próprios recordes. Das corridas de 15 Km em que habitualmente participamos - Lezírias, Sinos, 1º de Maio e Fogueiras - esta é a mais complicada reflectindo-se, e de que maneira, nos tempos individualmente registados.

 

Mas este ano os dois TARTARUGAS estavam animados e confiantes numa boa prestação.

 

As condições meteorológicas à partida - frio e muito vento - não pareciam estar para os ajustes. No entanto ao longo de toda a prova o vento quase que se sumiu por encanto. E o facto do Sol não ter "furado" as núvens até nos ajudou. O percurso era o mesmo dos anos anteriores, sem grandes surpresas. Começando com uma subida de quase dois quilómetros foi um bom aquecimento não obstante os nossos dois corredores já terem previamente aquecido os músculos e as articulações com uma primeira volta à pista de atletismo na qual iria terminar a corrida. Até ao quilómetro oito (ponto de inversão do percurso) era praticamente sempre a descer ou, no mínimo, em plano. É a fase em que devemos ganhar alguma margem para a desgastante subida até ao segundo abastecimento (por volta dos dez quilómetros). Daí até ao fim é uma sucessão de subidas e descidas, curtas mas intensas, até entrarmos no Parque Desportivo.

 

A marca do quilómetro catorze assegura-nos que estamos perto do final. Mas será assim tão fácil? Não. Com o estádio à vista ainda temos de dar algumas voltas dentro do parque. Mas, como os tempos parciais nos mostram que o nosso desempenho é bastante bom, uma vez mais "fazemos "das tripas corações". Só que temos de ter algum cuidado com aquela perigosa e traiçoeira rampa antes da entrada na Pista de Atletismo. A maior preocupação, além do "sprint" final, é de não entrarmos de "roldão" pela pista adentro. A aceleração final e a garantia de que talvez pudéssemos bater os nossos melhores tempos das edições anteriores.

 

Cansados mas, uma vez mais, com a satisfação do dever cumprido. Afinal sempre valeu termos optado por esta corrida em detrimento dos Trilhos de Almourol. Qualquer um dos nossos atletas pulverizou em quase cinco minutos as anteriores marcas.

 

Com uma semana de descanso regressamos à "pista" para a Estafeta Cascais/Lisboa mas na modalidade de prova em linha.

 

Atletas que concluiram a prova: 1337 (1137 em 2010)

Vencedor: Manuel Damião (Conforlimpa) - Tempo Oficial: 0:46:31

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 987º - Classificação no Escalão M50: 128º

Tempo Oficial: 1:21:07/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:20:55

Tempo médio/Km: 5m:24s  <=> Velocidade média:11,12 Km/h (*)

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral: 701º - Classificação no Escalão M50: 85º

Tempo Oficial: 1:14:18/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:14:05

Tempo médio/Km: 4m:56s  <=> Velocidade média: 12,15Km/h (*) 

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA E NA DISTÂNCIA DE 15 KM

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

 

Calendário para o mês de Abril

  • 3 - Corrida dos Sinos (Mafra) - 15 Km
  • 17 - Estafeta Cascais/Lisboa (20 Km)
publicado por Carlos M Gonçalves às 23:46

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 3 de Abril de 2011

12 KM DE SALVATERRA DE MAGOS

Duas semanas após a Corrida das Lezírias as TARTARUGAS, uma vez mais reduzidas a uma expressão menor de dois atletas, deixam novamente a cidade de Lisboa e regressam a terras ribatejanas. Repetindo a participação nos 12 KM de Salvaterra de Magos desta vez fizeram-se acompanhar por dois elementos do sexo feminino que iriam representar mui condignamente a nossa equipa na Caminhada de 5 Km. As LEBRES E TARTARUGAS estendem os seus tentáculos a outros acontecimentos desportivos, qual polvo do asfalto e da terra batida.

 

Foi mais uma prova para cumprir o nosso bem preenchido e exigente calendário.

 

Esta corrida não trouxe nada de novo comparativamente com a edição de 2010 no que ao percurso diz respeito. Fácil para permitir uma prova com um andamento muito vivo reunindo assim todos os condimentos para que pudéssemos melhorar os nossos tempos do ano passado e ainda conseguir uma velocidade média ao nosso melhor nível no conjunto de todas as nossas participações. O primeiros quilómetros, cumpridos dentro da vila, foram a bem dizer um aquecimento para o que nos iria esperar daí para a frente. Aos 3 quilómetros rumamos à lezíria a um ritmo muito intenso. Como o piso estava um pouco degradado muitos procuraram terrenos mais macios correndo ao longo da berma da estrada. Após o quilómetro seis inverte-se o sentido repetindo o mesmo estradão em terra batida. Até perto do sétimo quilómetro temos de de cumprir um longo troço sempre a subir. É certo que o declive não era muito acentuado mas mesmo assim provocou um ligeiro abaixamento do ritmo. Controlando os tempos de passagem em cada quilómetro sentimos que temos de "carregar no acelerador" se quisermos melhorar os tempos de 2010. Sentimos que ainda temos uma reserva de energia para conseguirmos o nosso desiderato. Estes atletas abordam as provas com cada vez maior inteligência sabendo quando "puxar" mas também, e muito ou mais importante, quando se devem poupar evitando desgastes inúteis.. E o resultado final está à vista tendo superado as marcas do ano passado.

 

À partida contámos com o apoio das nossas colegas "caminheiras". Após a passagem pelo lugar da partida foi a vez dos participantes da caminhada se fazerem à estrada. Cumprindo um pequeno passeio de cinco quilómetros as TARTARUGAS caminheiras voltam a reagrupar-se com os da prova da dúzia de quilómetros. O percurso da caminhada não foi lá muito interessante. E o da corrida principal foi? Mas de certeza absoluta que foi uma manhã de domingo bem passada.

 

Falta uma Tartaruga/Caminheira que estava a tirar o "boneco"

 

Atletas que concluiram a prova: 885

Vencedor: João Silva (Juventude Vidigalense) - Tempo Oficial: 0:36:49

 

CARLOS TEIXEIRA

Classificação Geral: 685º - Classificação no Escalão M50: 92º

Tempo Oficial: 1:04:19/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 1:03:59

Tempo médio/Km: 5m:20s  <=> Velocidade média:11,25 Km/h (*)

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA

 

CARLOS GONÇALVES

Classificação Geral: 547º - Classificação no Escalão M50: 81º

Tempo Oficial: 0:59:42/Tempo Cronometrado (Tempo do Chip): 0:59:23

Tempo médio/Km: 4m:57s  <=> Velocidade média: 12,13Km/h (*) 

MELHOR TEMPO INDIVIDUAL NA PROVA

 

(*) - O Tempo médio/Km e a Velocidade média foram calculados em função dos tempos cronometrados (tempo do chip)

 

Corridas do mês de Março

  • 6 - 20 Km de Cascais
  • 13 - Corrida das Lezírias (V.F. de Xira - 15 Km)
  • 20 - Meia Maratona de Lisboa (21, 0975 Km)
  • 27 - 12 Km de Salvaterra de Magos

Calendário para o mês de Abril

  • 3 - Corrida dos Sinos (Mafra) - 15 Km
  • 17 - Estafeta Cascais/Lisboa (20 Km)
publicado por Carlos M Gonçalves às 00:24

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. MEIA MARATONA DE CASCAIS

. PENINHA SkyRace

. CORRIDA DO FIM DA EUROPA

. GP DE ATLETISMO DO CAMARN...

. CORRIDA COM OS CAMPEÕES

. SÃO SILVESTRE DE LISBOA

. ONYRIA CHALLENGE

. GRANDE PRÉMIO DO NATAL

. MEIA MARATONA DOS DESCOBR...

. GRANDE PRÉMIO DE ATLETISM...

.arquivos

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

.links

.subscrever feeds